Em que ano você nasceu?






Brandy ou cognac? Conheça as diferenças entre os dois spirits

Educacional
brandy ou cognac - free

⍟ Origem é tudo quando o assunto é cognac. Conheça as principais diferenças na produção, maturação e sabor final deste spirit envelhecido e seu dissidente – o brandy

Publicado em 27 de março de 2018, às 12h.

O que cognac e brandy têm em comum? Uvas, coloração, sabor encorpado. Mas, apesar destas semelhanças, têm uma diferença bastante sutil e que faz grande diferença: seu local de produção. Sabor, tipo de envelhecimento, rigor de fabricação e classificação quanto à idade variam de acordo com bebida – assim como seu preço no mercado.

Em linhas gerais, o cognac é um spirit de coloração âmbar, feito nas regiões vinícolas próximas à cidade de Cognac, na França. A bebida é produzida a partir da destilação do vinho branco para a criação de uma eau-de-vie, que envelhece em barris específicos de carvalho pelo período mínimo de dois anos, conforme lei. Depois disso, é feito um blend com diferentes eaux-de-vie para criar um sabor único de acordo com a marca.

brandy também é feito da destilação do vinho, envelhecido em barris e, muitas vezes, misturado com outros para a criação de um blend. Uma das grandes diferenças, mas não a única, é o local de produção. Enquanto o cognac é um produto com Denominação de Origem Controlada (DOC), assim como o champagne, e tem regras estritas de fabricação, o brandy por ser feito com uvas de qualquer lugar do mundo, que podem envelhecer por menos tempo e também receber corante caramelo para simular uma maior maturação.

brandy ou cognac - cores
Cognacs e brandies podem adquirir diferentes tons de âmbar, de acordo com seu envelhecimento

REGIÕES PRODUTORAS

A região produtora de cognac é dividida em seis grandes zonas menores ou crusBorderies, Grande Champagne, Petite Champagne, Fins Bois, Bon Bois e Bois Ordinaire.

Nelas estão localizadas as grandes empresas produtoras da bebida, como é o caso de Martell – fundada por Jean Martell em 1715 e uma das mais antigas ainda em atividade no mundo.  Sua história conta que o então jovem comerciante começou a preparar seu cognac com uvas colhidas na região de Borderie, e após envelhecer a eau-de-vie em barris de carvalho tronçoais (usado na produção de finos vinhos franceses), obteve uma bebida suave, escura e saborosa.

O uso de diferentes tipos de uvas e envelhecimentos em barris variados asseguram o perfil único de cada marca de cognac.

BRANDY DE POMAR

brandy maçã pomar
Maçãs são uma das principais matérias-primas para a produção de brandies

Grande parte das vezes, nos referimos aos brandies como destilados de uva feitos fora da região de Cognac. Como se apenas a localização fizesse diferença.

É verdade, no mercado há uma infinidade de brandies feitos da eau-de-vie de uvas. Mas essa não é a única possibilidade.

Também podem ser matérias-primas para a produção da bebida quase todas as frutas cultivadas em pomares. As maçãs são as mais utilizadas, mas também há fruit brandies feitos pela destilação e envelhecimento de peras, cerejas, pêssegos, damascos, ameixas e outras frutas regionais.

O brandy de jerez, por exemplo, é um caso à parte. Ao contrário dos brandies tradicionais, que não costumam desfrutar de muita fama, o destilado espanhol tem um prestígio singular. Ele chama-se assim porque é feito a partir das doces uvas jerez, próprias das regiões de Jerez de la Frontera, El Puerto de Santa Maria e Sanlucar de Barrameda, na Espanha. Depois de destilado, ele passa por envelhecimento em barris de carvalho americano que pode durar de um a dez anos. O resultado é um destilado de sabor mais refinado que o da maioria dos brandies tradicionais.

Aprenda a receita do Curious Crusta, uma releitura do clássico Brandy Crusta, conhecido por ser um possível ancestral do Sidecar:

CURIOUS CRUSTA MARTELL COCKTAILCurious Crusta

INGREDIENTES

45 ml de cognac Martell Blue Swift
15 ml de suco de limão siciliano
10 ml de licor de laranja
5 ml de suco de yuzu
5 ml de xarope de agave
2 dashes de bitters aromáticos
Zest de limão siciliano

MODO DE PREPARO

Umedeça a borda da taça com um pedaço de limão e polvilhe uma mistura de corante alimentício preto com açúcar refinado. Em seguida, adicione todos os ingredientes líquidos a uma coqueteleira com gelo e bata a mistura. Faça uma coagem para a taça e guarneça com o zest de limão siciliano.

Você vai gostar de ler!

Rota do Dry App Capa

Rota do Dry: app mostra onde beber os melhores Dry Martinis

⍟ No total, são 42 destinos imperdíveis para quem deseja saborear o drink em São Paulo e no Rio de Janeiro Publicado em 17 de abril de 2018, às 15 horas. ...

chivas masters 2018 4

Conheça os 20 bartenders semifinalistas do Chivas Masters 2018

⍟ Saiba quem são os 20 participantes da segunda fase nacional do Chivas Masters e suas criações Publicado em 17 de abril de 2018, às 8h. Entre cem casas ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante