Em que ano você nasceu?





Os 50 drinks clássicos mais vendidos no mundo em 2019

Notícias
french 75 um dos clássicos mais vendidos

⍟ Divulgada pela revista Drinks International, a lista é uma vitrine das bebidas mais preparadas ao redor do mundo e identifica tendências globais na coquetelaria. Veja o ranking

Publicado em 7 de janeiro de 2020, às 18h.

Anuário de relevância para bartenders e indústrias de bebidas ao redor do mundo, a Drinks International publicou, no início do mês, sua 11ª edição. Entre informações importantes para o mercado, como o levantamento das marcas de spirits mais vendidas e mais populares entre os profissionais de bar, uma das seções mais aguardadas é a lista dos 50 cocktails clássicos mais vendidos no ano anterior. Sua movimentação revela algumas tendências do ano na coquetelaria.

Para a edição de 2020, a revista consultou 109 entre os bares mais premiados do mundo para conferir os clássicos mais vendidos nos balcões. Com esses dados em mãos, a revista traçou o ranking das bebidas mais populares no ano anterior – que você confere abaixo na íntegra. Além de ser uma vitrine da alta coquetelaria internacional, a lista provoca as seguintes perguntas: o que é, de fato, um drink clássico? O rótulo vale apenas para os já centenários ou também para os mais recentes, mas consagrados pela popularidade?

A lista completa prova que alguns cocktails jamais perdem sua majestade. Prova disso é que o Old Fashioned ocupa o topo do ranking há seis anos, ao lado de outras receitas icônicas que vêm em sequência: Negroni, Daiquiri e Dry Martini.

Contudo, o ranking também mostra mudanças na preferências por outras receitas. Prova disso é a saída de clássicos como Hanky Panky, Long Island Iced Tea e Bellini; e a chegada de outros como o Pornstar Martini, Old Cuban, Last Word e Tommy’s Margarita.

Entre os 50 drinks da lista, apenas dois mantiveram posições fixas em relação ao ano anterior: nossa amada Caipirinha (42) e o Bamboo (46).

Abaixo, veja a lista completa dos 50 drinks clássicos mais vendidos no mundo em 2019. Clique sobre os nomes para ver mais detalhes:

1. Old Fashioned

No topo da lista há alguns anos, o tradicional cocktail americano não dá sinais de que pretende sair do primeiro lugar tão cedo. Segundo a pesquisa, 35% dos bares afirmam que este é seu clássico mais vendido – seja ele feito com bourbon ou rye whiskey. Confira a receita clicando aqui.

2. Negroni

O segundo lugar do ranking há seis anos vai para a mistura equilibrada entre gin, vermute e aperitivo italiano. Não só no exterior, mas também no Brasil, o drink tem se consagrado como uma boa pedida entre os consumidores. Ele foi o clássico mais vendido em 13% dos bares pesquisados. Confira a receita clicando aqui.

3. Daiquiri

Em quase metade dos bares pesquisados pela Drinks International, o Daiquiri está entre os dez clássicos mais pedidos e é o cocktail à base de rum mais popular. Nascido no balcão do El Floridita, em Havana, foi o ponto de início para diversas versões consumidas até hoje.

4. Dry Martini

Em relação à mesma pesquisa do ano passado, o Dry Martini ganhou duas posições. Em 20% dos bares pesquisados, o drink favorito de Ernest Hemingway está entre os cinco mais vendidos. Confira a receita clicando aqui.

5. Whiskey Sour

De volta ao quinto lugar, o Whiskey Sour pode não ser o favorito entre os bares pesquisados ao redor do mundo – mas com certeza tem um lugar especial no cardápio de cada um deles. Segundo a pesquisa, a mistura de bourbon, suco de limão, açúcar e clara de ovo está no top dez de cerca de metade dos bares consultados. Saiba mais sobre a história deste drink clicando aqui.

6. Espresso Martini

Um grande destaque no ranking é o Espresso Martini. Ele passou do 27º lugar em 2017 para a sexta posição em apenas dois anos. Este clássico contemporâneo, criado pelo bartender inglês Dick Bradsell, é feito com vodka, café espresso e licor de café. O Espresso Martini ideal deve ser preparado com café espresso, conforme explicamos nesta matéria especial.

7. Margarita

Presente no top 3 dos três drinks clássicos mais pedidos em 10% dos bares mundo afora, a Margarita é também o cocktail à base de tequila mais vendido. Sua receita é simples e refrescante: tequila e suco de limão tahiti.

8. Manhattan

Mais um clássico para o deleite dos apaixonados por bourbon. Segundo a pesquisa, o drink está entre os dez cocktails mais pedidos em 37% dos bares consultados – pouca diferença em relação ao ano passado. Cada um com um twist à sua maneira, mas ainda sim, um clássico. Aprenda a receita nesta matéria.

9. Mojito

Direto de Cuba, o clássico feito com rum, água gaseificada e hortelã está consagrado entre os dez mais vendidos em 30% dos bares pesquisados. Para fazer um bom Mojito, dê preferência a spirits típicos da ilha, como o Havana Club 3 Años. Para saber como preparar o drink favorito do escritor Ernest Hemingway servido na Bodeguita Del Medio, clique aqui.

10. Aperol Spritz

Amargo, mas refrescante, o Aperol Spritz tem conquistado admiradores ao redor do mundo. No Brasil, não é diferente. Segundo a pesquisa feita pela Drinks International, o cocktail está em cerca de um terço da lista dos clássicos mais populares nos bares em 2019.

11. Moscow Mule

A receita é simples, mas tem se mostrado cada vez mais popular ao redor do mundo. No Brasil, por exemplo, essa tendência não passa despercebida. O drink está presente em 25% da listas dos dez cocktails clássicos mais vendidos nos bares ano passado, segundo o ranking. Conheça a história da bebida nesta matéria.

12. Gimlet

A mistura perfeita entre gin e Rose’s Lime Juice, o Gimlet subiu dez posições no ranking em relação ao ano passado. Aprenda mais sobre ele assistindo a esta videoaula.

13. Tommy's Margarita

Tamanha é sua popularidade que pela primeira vez a Drinks International separou este twist de sua receita original – que estreia na lista já em 13ª posição.  Criada por Julio Bermejo no Tommy’s Bar, em São Francisco (EUA), ela é preparada com Altos Tequila, suco fresco de limão tahiti e xarope de agave.

14. Bloody Mary

A mistura de vodka, suco de limão, suco de tomate, pimenta e molho inglês mantém sua evidência, subindo uma posição em relação ao ano passado. Entre os bares pesquisados, a revista afirma que ele estava em um quarto das lista de cocktails mais populares. Confira sua receita clicando aqui.

15. Boulevardier

Para preparar o ‘primo’ do Negroni basta trocar o gin por bourbon ou rye whiskey. Ele subiu cinco posições na lista em relação à lista do ano passado, aumentando sua notoriedade nos bares ao redor do mundo.

16. Clover Club

Após uma ascensão notável no último ano, o Clover Club se manteve praticamente estável na lista. Surgido no período pré-Prohibition, sua estrela ainda brilha nos cardápios mundo afora. Sua receita leva gin, suco de framboesa, vermute seco, suco de limão siciliano e clara de ovo.

17. French 75

Subindo 12 lugares na lista, as origens deste drink remontam ao final da Primeira Guerra Mundial, mas ganhou destaque no período da Lei Seca. Para prepará-lo, você precisará de gin, suco de limão siciliano, simple syrup e champagne.

18. Penicillin

Provando que clássico não é sinônimo de antigo, a receita criada no bar Milk & Honey, em 2005, está entre as mais pedidas ao redor do mundo. Blended Scoth Whisky, Islay Scotch, suco de limão siciliano, xarope de mel e gengibre compõem esse drink que tem o potencial de se tornar atemporal.

19. Dark 'n' Stormy

Mais uma receita cujos créditos vão para os navegantes ingleses, o Dark ‘n’ Stormy leva rum envelhecido, ginger beer e uma fatia de limão siciliano.

20. Aviation

No ranking deste ano, o Aviation subiu sete posições. Preparado com gin, suco de limão siciliano, marrasquino e um toque de crème de violette, você confere a história do drink nesta matéria.

21. Sazerac

Com cognac ou bourbon, não importa. O Sazerac perdeu dez posições e foi um dos dez drinks clássicos mais servidos entre 15% das casas pesquisadas ao redor do mundo.

22. Amaretto Sour

Após sofrer uma queda no ranking, o Amaretto Sour parece ter reconquistado o paladar do público. Neleo sabor adocicado do licor de amêndoas entra em contraste com o suco de limão siciliano. O toque especial é garantido pelo dash de bitters. A adição da clara de ovo à receita garante uma espuma consistente, assim como no Whiskey Sour. Saiba como substituir a clara de ovo de suas receitas clicando aqui.

23. Mai Tai

Um dos drinks mais tradicionais da coquetelaria Tiki, o Mai Tai está entre os dez mais vendidos em 12% dos bares. Tropical, com um toque amendoado, a receita deste cocktail adquiriu a fórmula original após pesquisas do jornalista e bartender Jeffrey Berry.

24. Corpse Reviver

Após grande destaque na lista do ano anterior, o Corpse Reviver voltou a perder espaço nas cartas de drinks – mas pode durar pouco. Ele é preparado com cognac, brandy de maçã e vermute doce.

25. Americano

Versão mais ‘leve’ do Negroni, o Americano ficou, desta vez, no meio da lista. Para prepará-lo, basta trocar o gin por club soda.

26. Bramble

Segunda criação de Dick Bradsell na lista, o Bramble surgiu nos anos 80 e tem ganhado cada vez mais admiradores. Ele é feito à base de gin, com suco de limão siciliano, licor de amora, simple syrup e algumas amoras para guarnição.

27 . Bees Knees

Direto da Prohibition, o Bees Knees fez seu retorno ao ranking da revista no ano passado e ganhou mais três posições. Feito com gin, suco de limão siciliano e xarope de mel, o cocktail foi criado para disfarçar o sabor dos bathtub gins, feitos de forma clandestina durante a Lei Seca.

28. Pisco Sour

Criado na década de 20 por um bartender americano que trabalhava no Peru, o Pisco Sour é feito com a aguardente de uvas (Pisco), suco de limão tahiti, simple syrup, clara de ovo e bitters.

29. Last Word

Pela primeira no ranking, o Last Word é um cocktail feito com Beefeater London Dry Gin, Green Chartreuse, licor de marrasquino e suco de limão tahiti que deu as caras ao mundo da coquetelaria em 1951, no livro Bottoms Up!, de Ted Saucier.

30. Gin Fizz

O Gin Fizz perdeu 12 posições no ranking em relação ao ano anterior. Feito com gin, suco de limão, xarope simples e soda. Acrescente um ovo a este highball e obtenha uma espuma consistente.

31. Piña Colada

Em algum lugar entre o sofisticado e o banal vive a Piña Colada. A combinação entre rum, abacaxi e leite de coco é tropical e continua sendo um sucesso de vendas e perdeu cinco posições na lista.

32. The Southside

Uma espécie de Daiquiri preparado com gin e hortelã, este clássico da Lei Seca vem ganhando espaço nos cardápios ao redor do mundo graças à popularidade do gin.

33. Pornstar Martini

Um dos drinks mais populares no Reino Unido, o Pornstar Martini dá as caras pela primeira vez no ranking. Criado por Douglas Ankrah no bar LAB, em 2002, é feito com vodka e traz a doçura da baunilha com a acidez do maracujá. Saiba mais sobre como utilizar esta última fruta nesta matéria.

34. Vieux Carré

Criado pelo bartender Walter Bergeron, atual chef de bar do Monteleone Hotel em Nova Orleãs, o Vieux Carré foi nomeado em homenagem ao French Quarter da cidade americana. Sua receita é feita com bourbon, vermute doce, licor de ervas, brandy e bitters.

35. Tom Collins

Simplicidade é tudo. A mistura de gin, suco de limão, açúcar e água com gás  ganhou seis posições em relação à lista do ano passado.  Confira sua receita nesta matéria.

36. Paloma

De origem mexicana, ele é uma mistura de tequila, suco de grapefruit, suco de limão tahiti e refrigerante de grapefruit. O drink perdeu quatro posições em relação ao ano anterior, mas mantém sua popularidade principalmente nos países de clima tropical.

37. Rum Old Fashioned

A mistura de rum envelhecido, bitters e açúcar (ou xarope simples, como preferir) perdeu 13 posições em relação ao ranking do ano passado.

38. White Lady

Criado por Harry Craddock? Há quem diga que não. Polêmicas à parte, uma coisa é certa: foi no American Bar, em Londres, que o mestre tornou a receita famosa. Tamanho era o orgulho que tinha por ela que escondeu um cocktail glass com a bebida dentro de uma parede do bar. Um White Lady feito corretamente leva gin, suco de limão siciliano, triple sec e clara de ovo. Se preferir, é possível trocar a clara natural pela pasteurizada ou pela albumina.

39. Cosmopolitan

Este cocktail tem suas raízes fincadas na década de 30, mas ganhou a atual roupagem nas mãos da bartender Cheryl Cook, 50 anos depois. A receita, seja com vodka e suco de limão ou com Absolut Citron, é famosa até hoje pela sua cor e toque adocicado. Confira sua receita e história completa neste link.

40. Vesper

O agente secreto James Bond, apesar de ser apenas um personagem da ficção, é o criador e grande difusor deste drink ao longo da história. A mistura de gin, vodka e Lillet, servida em um cocktail glass continua entre os mais populares ao redor do mundo. Aprenda a prepará-lo seguindo a receita deste link.

41. Gin Gin Mule

Com apenas 20 anos, o Gin Gin Mule, criado pela bartender Audrey Saunders, é um dos cocktails mais jovens a figurar entre os mais populares do mundo. Ele se assemelha a um Moscow Mule, mas é feito com gin e guarnecido com hortelã.

42. Caipirinha

Este drink dispensa apresentações. O único cocktail brasileiro da lista manteve a mesma posição em relação à lista do ano passado.

43. Ramos Gin Fizz

O Ramos Gin Fizz foi criado no século XIX em Nova Orleãs. De textura consistente, ele leva gin, creme de leite, clara de ovo, além de suco de limão e xarope simples. O cocktail caiu cinco posições em relação ao ano passado, mas ainda se mantém entre os mais pedidos  do mundo.

44. Vodka Martini

Muito embora o Martini clássico, aclamado pelos amantes da coquetelaria, seja feito com gin e vermute; aqueles que preferem o destilado de grãos também têm seu lugar na lista.

45. Sidecar

Brandy e cognac são spirits que podem não estar tão em evidência quanto o gin atualmente, mas nem por isso deixam de deixar sua marca em cocktails da lista. O Sidecar, que tem a mistura levemente adocicada e cítrica do brandy, triple sec e suco de limão siciliano não tem um criador confesso, mas continua encantando clientes nos bares ao redor do mundo.

46. Bamboo

Preparado com sherry, vermouth seco, angostura e orange bitters, o drink permaneceu na mesma posição do ano passado.

47. Old Cuban

Em algum lugar entre o Mojito e o French 75 mora o Old Cuban, drink criado pela bartender americana Audrey Saunders em 2004. El é preparado com rum envelhecido, suco de limão tahiti, espumante, folhas de hortelã e Angostura Bitters.

48. Brandy Alexander

Um cocktail que parece estar retornando aos poucos à graça dos consumidores é o Brandy Alexander, que aparece pela primeira vez no ranking. Preparado com brandy (ou cognac, como preferir), crème de cacau e creme, tem como resultado em uma textura aveludada e sabor adocicado.

49. Irish Coffee

Criado para esquentar os passageiros de um terminal irlandês, o cocktail quente é preparado com Jameson Irish Whiskey, creme de leite batido, açúcar e café de cafeteira. Saiba mais sobre o drink e o uso do café na coquetelaria nesta matéria.

50. Blood & Sand

Com 98 anos de história, o Blood & Sand é o último estreante da lista deste ano. Ele é preparado com scotch whisky, brandy de cereja, suco de laranja e vermouth rosso, servido em cocktail glass.

Você vai gostar de ler!

The Cloud.Bar: Pernod Ricard Brasil e VICE se unem em hub de convivência digital

⍟ Projeto promoverá experiências durante o período de confinamento com conteúdo interativo em lives, treinamentos, DJ sets e painéis sobre música, ...

Envelhecimento dos destilados: como e por que é feito? – Parte 2

⍟ Na segunda parte da matéria sobre envelhecimento, você aprende sobre as características mais importantes para determinar o tipo de maturação em ...

pub na quarentena

5 maneiras de aproveitar a quarentena com ajuda da tecnologia

⍟ Depois de estudar tanto, bartender também precisa de descanso. Confira cinco dicas para aproveitar a quarentena usando seu computador ou smartphone ...

One commentOn Os 50 drinks clássicos mais vendidos no mundo em 2019

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante