Em que ano você nasceu?





As 4 tendências do futuro da coquetelaria nacional e internacional

15 anos
rum tendências do futuro

⍟ Confira nesta matéria algumas das principais tendências para o futuro da coquetelaria nacionais e internacional – e comece já a planejar como implementá-las no seu bar.

Publicado em 15 de dezembro de 2021, às 12h30.

É preciso olhar adiante. Afinal, o mundo da coquetelaria está em constante transformação e o futuro nos reserva uma série de desafios, com oportunidades para inovar, aumentar o volume de vendas e encantar consumidores, ao mesmo tempo que diminuímos os impactos do nosso trabalho no meio ambiente.

Algumas dessas tendências já não são estranhas aos profissionais de bar do Brasil, e chegaram lentamente nos últimos anos. Outras, pareciam não familiarizar com o mercado local, mas ganharam peso e importância após as mudanças provocadas pela pandemia, no início de 2020.

Veja abaixo as principais tendências do futuro da coquetelaria, de acordo com os mixologistas do Clube do Barman:

1. DELIVERY E COCKTAILS ENGARRAFADOS

Os drinks engarrafados já existiam e economizavam tempo na hora de servir Negronis e Boulevardiers, por exemplo. Diante da pandemia, porém, a opção pelo delivery cresceu entre os clientes e os bares começaram a produzir seus próprios drinks engarrafados. Alguns empreendedores do mundo do bar já enxergam novas oportunidades neste cenário, como a venda para restaurantes e mercados.

Bartender alex miranda
Bartender Alex Miranda

No exterior, a Kahlúa lançou seus primeiros Espressos Martinis enlatados. No Brasil, já surgiram opções de gin tônica ‘on tap’.

“Muitos acharam que o delivery de drink seria passageiro com a pandemia, mas o consumo de drinks engarrafados e os RTD (Ready To Drink) vieram para ficar”, explica Alex Miranda, bartender no Rio de Janeiro. “Ao contrário do que muitos bartenders pensam, os drinks engarrafados ajudarão a popularizar a coquetelaria e valorizar a profissão do bartender.”

2. HIGHBALLS EM ALTA

É quase impossível falar sobre tendências do futuro sem falar de uma categoria de drinks em ascensão. É certo que os mesmos ventos que trouxeram a Gin Tônica para os holofotes da coquetelaria na última década agora trazem de conceituados bares internacionais outros velhos conhecidos nossos, da mesma família de drinks: os highballs.

Simplicidade e sabor andam juntos quando misturamos um destilado e uma bebida carbonatada em um copo alto com gelo e, conforme o mercado consumidor vai se familiarizando com a alta coquetelaria, os highballs têm tudo para, muito em breve, se tornarem os novos queridinhos nos bares brasileiros.

dois copos de drinks tipo highballs
Highballs são versáteis, saborosos e refrescantes.

3. DRINKS COM BAIXO OU ZERO TEOR ALCOÓLICO

Se no passado o consumo responsável foi uma grande tendência na coquetelaria, o futuro já aponta para a dos drinks sem álcool (ou mocktails) e bebidas com baixa graduação alcoólica. Com o propósito em oferecer experiências mais leves de sabor e estimular o público a consumir mais drinks de forma moderada, marcas de destilado têm aderido à tendência. Um exemplo disso é o recente lançamento do Beefeater Botanics, com apenas 27,5% de teor alcoólico.

Beefeater Botanics: conheça o novo rótulo com graduação alcoólica reduzida

4. FEBRE DO RUM

O presente repete o passado. Neste caso, de forma bastante positiva. Após a Lei Seca americana, até meados da década de 1970, o rum desfrutou de um período de grande popularidade, principalmente nos Estados Unidos. Porém, acabou sendo deixado de lado por um tempo, com o crescimento do mercado de outros destilados, como vodka e gin.

Nos últimos anos, contudo, o rum vem reconquistando seu espaço, e já existem bares especializados na bebida, com cartas que fazem dele uma verdadeira estrela dos cocktails. O rum é o novo gin? Veremos nos próximos anos.

Esta matéria faz parte da comemoração de 15 anos do Clube do Barman. Veja as principais tendências do passado que se mantêm relevantes até hoje na coquetelaria:

Oito conceitos da coquetelaria moderna que vieram para ficar

Você vai gostar de ler!

como utilizar chás

Como utilizar chás, infusões, blends e tisanas nos seus cocktails

⍟ Nem tudo aquilo que chamamos de chá realmente é. A cultura e tradição desta bebida é milenar e está focada em uma espécie de plantas, chamada ...

espresso martini perfeito servido em taça no fundo escuro

7 dicas para fazer o Espresso Martini perfeito

⍟ Considerado um clássico contemporâneo, o Espresso Martini deu a volta por cima e voltou a ser uma estrela nas cartas ao redor do mundo. Nesta matéria, ...

chá e bule sobre a mesa na 1ª Semana da Cultura do Chá

Híbrida, a 1ª Semana da Cultura do Chá no Brasil aborda história, mixologia e mais

⍟ Evento terá palestras, degustações, aulas, exposições e outras atividades relacionadas ao chá programadas no Instagram e também no encontro ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante