Em que ano você nasceu?





Conheça o ‘Cereja Amarelo’, drink vencedor da Batalha do Clube by Kahlúa

Competições
drink cereja amarelo em cima da mesa

⍟ Criada por um fotógrafo especializado em coquetelaria, receita quebra padrão dos cocktails à base de café e confere sabores mais frutados ao paladar

Publicado em 07 de julho de 2020, às 10h30.

Foi divulgado na última sexta-feira (3) o resultado da Batalha do Clube by Kahlúa, competição de coquetelaria online realizada pelo Clube do Barman. O cocktail vencedor foi o Cereja Amarelo, criado pelo fotógrafo Munir Bucair Filho, de Curitiba (PR). Ele foi premiado com um kit exclusivo de produtos da Kahlúa e utensílios da Bartender Store.

Especializado em fotografia de alimentos, Bucair Filho é apaixonado por café e coquetelaria, o que fez com que nichasse cada vez mais o seu trabalho. Desde 2013, aprende diariamente sobre técnicas, ingredientes, proporções, spirits e guarnições trabalhando ao lado de profissionais de bar, visitando restaurantes, cafeterias e plantações de café. O resultado, segundo ele, foi poder observar e absorver conhecimentos sobre essas áreas de que tanto gosta. O reflexo disso foi sua receita, cujo objetivo era lembrar que o café é uma fruta e, portanto, trazer sabores mais frutados à bebida.

munir bucair filho
Vencedor da Batalha do Clube by Kahlúa

“Percebi que todos os cocktails relacionados a café tinham um padrão de sempre apresentar o café torrado, a emulsão do óleo do café na bebida e isso me incomodava”, conta. “Achei que isso precisava mudar. Queria trazer notas mais frutadas para o meu drink e tentar mostrar que o café, principalmente o café especial, tem outras nuances que se sobressaem muito além da torra”.

Por já ter visitado cafezais país adentro, Bucair Filho batizou sua criação em homenagem à “cereja” amarelada de algumas variações do café. Cereja é o nome dado à fruta que envolve as sementes de café. “Enxerguei poesia nisso, porque cereja geralmente lembra tons avermelhados e o amarelo lembra o rótulo de Kahlúa”.

GUARNIÇÃO

Em um mundo de zests de laranja, limão e grãos de café, um tomate pururucado chama atenção. O fotógrafo explica que sua inspiração veio de sua paixão singular por Bloody Mary. Para ele, um bom drink é feito com o suco artesanal de tomate e, ao experimentar diversas formas de produzi-lo, com e sem casca, percebeu que fica mais fácil assar os tomates para retirar a pele e depois fazer o suco.

“Como não queria descartar a pele, pensei que ela poderia ser reaproveitada”, relembra, ressaltando que a pururuca de tomate é uma opção vegana interessante para a guarnição, com sabor e crocância agradáveis e gerando curiosidade. “Acredito que a guarnição conecta os pontos da receita, fica bonita e diferente, remetendo aos ingredientes do cocktail“.

PAPEL DA FOTOGRAFIA

Para Munir Bucair Filho, a importância da fotografia no universo da coquetelaria se dá pela capacidade de atrair o público e criar a conexão imagética que permite que as pessoas comam e bebam com os olhos. “Meu trabalho é traduzir o cocktail daquele bartender em uma imagem e tentar fazer uma ponte com o consumidor, nem que seja para ele perguntar sobre o drink no balcão. Quando o cliente vê a imagem no cardápio, a conexão é muito mais rápida”.

Ao fotografar dentro de bares, ele relembra que as luzes da casa nem sempre cooperam porque servem como ferramenta de ambientação e conforto ao cliente, mas que ele tenta aproveitá-las como acessórios para criar o cenário. Sabendo disso, para fotografar o Cereja Amarelo, Bucair Filho criou o ambiente perfeito para fotografar seu cocktail dentro de casa, em seu estúdio particular.

Confira abaixo a receita do Cereja Amarelo, drink vencedor da Batalha do Clube by Kahlúa:

drink cereja amarelo visto de cima
(Foto: Munir Bucair Filho)

Cereja Amarelo

(por Munir Bucair Filho)

INGREDIENTES

60 ml de Rum Havana Club
45 ml de Kahlúa
20 ml de suco de limão tahiti
15 ml de xarope de tomate
7 ml de bitter italiano
Garnish – Pele do tomate pururucada

MODO DE PREPARO

Para o xarope de tomate: assar por 30 minutos em fogo baixo, coberto com papel alumínio 3 tomates cortados em quatro partes; 150g de açúcar demerara; 50 ml de água; Coado em peneira fina. O cocktail é mexido, servido em copo baixo com gelo.

Agora que você sabe mais sobre o drink vencedor da batalha, saiba mais sobre a história e a composição do licor de café Kahlúa:

Kahlúa: licor de café 100% arábica direto do México

Você vai gostar de ler!

monkey 47 sloe gin

Monkey 47 Sloe Gin chega ao Brasil para inovar na categoria premium

⍟ Aperitivo alemão feito à base de gin tem 29% de teor alcoólico e uso bastante versátil na coquetelaria. Saiba como comprá-lo no mercado nacional. ...

bartender atrás do balcão no Entrepreneur Awards

Inscrições para o Havana Club Bar Entrepreneur Awards terminam na sexta

⍟ Essa é a chance dos brasileiros conquistarem o prêmio que busca destacar as pessoas que são a força motriz por trás dos bares ao redor do mundo. ...

aplicativo do telegram no celular

Telegram: participe do canal do Clube e receba conteúdos exclusivos

⍟ Novo canal de interação com o Clube do Barman tem conteúdos exclusivos, novos formatos de informação e também contato direto com a equipe de ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante