fbpx
Em que ano você nasceu?






O que o Dia Mundial Sem Carro tem a ver com você, bartender?

Educacional
Homem com drink em mãos entregando chaves do carro para outra pessoa

⍟ Esta data não é simplesmente sobre deixar o carro em casa e ir a pé para o bar, é sobre conscientizar

Publicado em 18 de setembro de 2018, às 18 horas.

Neste sábado (18), celebra-se o World Car Free Day, iniciativa que tem como objetivo fazer com que a humanidade pense sobre o uso excessivo de automóveis. As justificativas são várias, passam pela questão da poluição gerada pelos veículos automotores até a saturação do trânsito nas cidades. Mas será que essa comemoração tem alguma coisa a ver conosco, bartenders?

É mais do que sabido que consumo de álcool e direção não combinam. Nosso trabalho envolve uma questão ética delicada: servimos bebidas alcoólicas para pessoas que estão fora de suas casas e que, depois de consumirem álcool, voltarão para elas.

A embriaguez ao volante é uma das maiores causas de acidentes no trânsito. Segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o trânsito brasileiro é o quarto mais violento da América. A direção paulista, por sua vez, é a que mais causa mortes no país e dirigir alcoolizado é a segunda maior causa para isso. Visando coibir a prática da direção sob efeito de álcool, foi promulgada, no ano passado, a Lei Nº 13.546 do Código de Trânsito Brasileiro, que fixa entre cinco e oito anos de reclusão a pena para o motorista que causar morte dirigindo alcoolizado.

É terrível imaginar que a bebida que servimos a um cliente seja responsável pela morte de outro ser humano, não é mesmo? Por isso, torna-se uma obrigação moral (e profissional, claro!) o ato de incentivar o consumo responsável de bebidas alcoólicas e, assim, minimizar a possibilidade de que um cliente fique embriagado e coloque em risco a própria saúde e a de outrem. Se ‘car free‘ é estar livre de carro, que nossos clientes estejam, SEMPRE, ‘car free‘.

O dia de hoje deve, portanto, servir como reflexão. Para colocar as ideias em ação, tire da cabeça que os incentivos ao consumo responsável no bar diminuem as vendas. Muitas delas ideias não envolvem, necessariamente, deixar de consumir, mas deixar de dirigir após o consumo.

Aqui vão algumas ideias que não só estimularão o uso moderado de carro como meio de locomoção até o bar, mas também o consumo responsável e até mesmo a transformação de uma ideia genial com finalidade social em receita para o seu estabelecimento:

TENHA UMA AGENDA E APPS DE SERVIÇO DE TRANSPORTE NO TELEFONE DO BAR

Salve no celular do bar todos os números de táxi e baixe aplicativos de serviço de transporte (Uber, Cabify, Easy Taxi, 99 Taxi, etc). Configure a forma de pagamento das corridas como ‘dinheiro’ e ofereça ao cliente o chamado de um dos serviços após o pagamento da conta.

VALE TÁXI

Troque a ‘saideira’ por conta da casa ou descontos de fechamento de comanda por crédito para que o cliente volte para casa de táxi. Suponhamos que um grupo de quatro pessoas vá a seu bar e consuma, cada uma, R$ 100, entre comida e bebida. Os clientes não estão esperando nada ao pagarem a conta. Mas, se ganharem R$10,00 de vale táxi na saída, vão ficarão satisfeitos com a cortesia. Isso pode gerar muito boca-a-boca em benefício do seu bar. Reflita: você aplicou apenas 2,5% do total pago pelo próprios clientes para isso, o que é quase cinco vezes menos do que a taxa cobrada por um famoso aplicativo de delivery, por exemplo. Você pode turbinar ainda mais o ticket fazendo uma parceria com uma empresa de táxis específica.

Mesmo que não tenha um parceiro, ainda é possível surpreender e conscientizar. Prepare um envelope escrito “só abra quando sair do bar” e dentro coloque o valor com um bilhete ‘Isso é para o seu táxi’. Mais importante que o valor do ticket é o gesto de preocupação com a clientela.

VALE-DRINK PARA O MOTORISTA DA RODADA

Crie a cultura de motorista da rodada entre os clientes do seu bar. Em locais de comanda individual fica mais fácil controlar essa proposta. O motorista da rodada é a pessoa da turma que não consume bebidas alcoólicas em um determinado dia, pois levará os amigos para casa. No fechamento da comanda, a julgar por um tempo mínimo de permanência no bar, entregue um ‘vale drink‘ como prêmio para que o sóbrio da turma possa voltar da próxima vez com um cocktail pago pela casa. Você pode determinar, inclusive, que o prêmio seja o drink mais barato da casa, por exemplo. Isso vai cria, aos poucos, uma cultura de responsabilidade e garante um ponto de dependência entre o clientes e a casa. Da próxima vez que ele vier para seu bar de carona, vai beber de graça. Nós garantimos: ele vai voltar.

CRIAÇÃO DE CARTA NÃO ALCOÓLICA

O motorista da rodada também não precisa passar vontade. Procure oferecer algumas opções de drinks não-alcoólicos para aqueles que optam por se divertir com responsabilidade. Pode ser que, para o cliente, sair e não beber nada já seja um certo sacrifício, então não obrigue-o a ser aquele que fica com copo de suco na mão em meio aos colegas da turma. O site de Absolut Vodka oferece uma série de opções de drinks em suas versões sem álcool. É possível sim fazer drinksvirgin‘ legais e oferecer sensações semelhantes sem bebidas alcoólicas. Isso também motiva o bebedor a manter-se sóbrio, sem perder a ‘vibe‘ da galera.

DÊ VISIBILIDADE PARA ESSAS AÇÕES

Instrua a equipe de salão, os bartenders e todo o pessoal envolvido no processo de venda para que deem publicidade às ações promovidas nesse sentido. Se você colocar uma ou várias dessas ideias em prática, não deixe de divulgá-las nas redes sociais e mídias convencionais. A ideia pode ser a mais legal de todas, mas se você não divulgar, o retorno será baixo. Afinal, já diz o ditado: quem não é visto, não é lembrado.

DEIXE SINAIS

Use uma pequena parte do cardápio, da parede do bar ou do caixa para deixar lembretes de que o estabelecimento incentiva o consumo responsável. Pode parecer redundante lembrar disso o tempo todo, mas quanto mais vezes o cliente for alertado, mais entrará em sua consciência a necessidade do bom senso com a relação entre bebidas alcoólicas e direção.

Você vai gostar de ler!

Como preparar drinks montados

UTENSÍLIOS PARA ESTA AULA Colher bailarina  –  Hawthorne Strainer  –  Jigger  –  Faca  –  Taça Borgogne INGREDIENTES ...

Balcão do Gong Bar, em Londres

Gong Bar: coquetelaria inovadora a 52 andares de altura

⍟ Considerado o mais alto de Londres, o balcão do Gong Bar foge do lugar comum em busca de sabores que evoquem experiências visuais ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante