Em que ano você nasceu?






Mad Men: uma homenagem aos clássicos da coquetelaria

Coquetel&

⍟ Série sobre a publicidade americana dos anos 1960 presta tributo ao glamour dos bares da época e a quase 40 drinks diferentes

Publicado em 14 de março de 2017, às 13h.

Mad Men (2007-2015) é um daqueles seriados em que a bebida tem papel importante na trama. De uma dose simples de bourbon em um copo old fashioned até  um Negroni mais elaborado, passando pelo Gibson apreciado por Roger Sterling (J0hn Slattery), os preciosos líquidos acompanham personagens e marcam acontecimentos importantes. 

Pete Campbell e companhia sabiam receber muito bem o diretor de arte da agência, prontos para um brinde.

Tudo gira em torno de Don Draper, protagonista interpretado por John Hamm, é um publicitário talentoso, misterioso e viciado em trabalho. Sobrevivente da Guerra da Coreia, ele voltou aos Estados Unidos no início dos anos 1960 decidido a mudar de vida.  Por isso, faz o que é preciso para chegar ao topo.

Eis que a Sterling & Cooper, agência da qual é diretor de arte, tem por hábito convidar seus clientes para reuniões de negócios em restaurantes luxuosos, sempre regadas a coquetéis de encher os olhos.

Até mesmo durante o batente a equipe não abre mão das doses de bourbon e vodka, que ostentam em belas garrafas de cristal em suas salas. Elas precedem reuniões importantes ou mesmo o trabalho em ideias para algum projeto.

Em vários episódios, aliás, decisões e conversas importantes entre Draper e Sterling são levadas para a bancada de algum bar requintado da cidade. Em outros, Jameson Whiskey se torna companheiro daqueles que precisam virar a noite trabalhando no escritório.

AMERICAN WAY OF LIFE

Todo o seriado reflete o american way of life da época, com carros clássicos, casas de campo, homens buscando sucesso profissional em Nova York, viagens em família, esposas recatadas e donas de casa. Também contextualiza acontecimentos importantes da época, como os desdobramentos da Guerra do Vietnã, os assassinatos de Martin Luther King e John Kennedy, a morte de Marilyn Monroe e a chegada do homem à Lua.

Matthew Weiner, criador da série, garante não ter exagerado na conta ao colocar tantos drinks nas mãos das personagens. Segundo ele, não há motivo para espanto:  almoços com três martinis – e algumas ostras, no caso de Sterling – e algumas doses de bebida durante o horário de trabalho eram normais na década de 1960, principalmente no ambiente corporativo americano, majoritariamente masculino.

Segundo o estudo da Detox.net, Don Draper prefere saborear seus drinks tranquilamente, geralmente sozinho.

Ele revelou ainda que muitas cenas foram gravadas com coquetéis verdadeiros e que os atores acabaram sentindo na pele o peso da bebedeira de outras épocas.

Um estudo feito pelo site Detox.net sobre os hábitos de copo de Don Draper apontaram que o publicitário da ficção consumia pelo menos dez drinks diariamente, algo muito acima do que é considerado saudável ou responsável.

O auge se deu na sexta temporada. Foram 52 drinks – em sua grande maioria Old Fashioned e doses de whiskey.  Levando-se em consideração a dose de whiskey com 1,5 oz, ele pode ter chegado a consumir até 164 doses. O comportamento abusivo levou o personagem a tropeçar na saúde, enfrentar a depressão e, claro, passar por constrangimentos em seu local de trabalho.

DON DRAPER À MODA ANTIGA

Diretor de arte também deu uma de barman para preparar seu drink favorito.

Clássico e masculino, o Old Fashioned diz muito sobre a personalidade do diretor de arte da Sterling & Cooper, um homem “à moda antiga”. Draper recorria a ele para entreter clientes, levar a esposa para jantar com colegas da empresa ou ainda acompanhar algum evento social.

Além disso, tinha o costume de preparar alguns para si mesmo ou seus convidados. Em um episódio na terceira temporada, ele pula a bancada do bar para preparar uma dose para Conrad Hilton, patriarca da rede internacional de hotéis. Foi a maneira que encontrou para desfazer a gafe de tê-lo confundido com um bartender, ao se deparar com o gentil e elegante senhor vestindo um terno branco e preto bem alinhado. 

OLD FASHIONED

INGREDIENTES

1 cubo de açúcar
2 dashes de bitter
2 Partes de Chivas Regal
1 zest de laranja

MODO DE PREPARO

Macere o cubo de açúcar  e bitter em um copo old fashioned. Encha com cubos de gelo. Adicione Chivas Regal. Mexa e decore com laranja.

 

Após um longo dia de trabalho, reuniões com clientes e algumas doses de bourbon, o que Don Draper faz para relaxar? Saboreia um bom drink feito em casa, de preferência algo refrescante, com gim e frutas cítricas.

Na segunda temporada da série, após chegar cansado em casa, Draper senta no sofá da sala e pede à filha Sally que prepare uma bebida para o pai, dando todas as instruções para o bom e velho Tom Collins. Refrescante, com suco de limão e gim, para aliviar o stress.

TOM COLLINS

INGREDIENTES

30ml suco de limão tahiti
1 colher de chá de açúcar
45 ml de Beefeater London Dry Gin
Fatias de limão tahiti
Água com gás

MODO DE PREPARO

Misture o açúcar, gin e suco em um mixing glass. Coloque em um copo com gelo e água com gás. Guarneça com fatias de limão.

Don Draper e Roger Sterling são grandes companheiros de bar durante a série e estão sempre acompanhados de seus drinks favoritos: Old Fashioned e Vodka Martini.

A VODKA DE ROGER STERLING

“Minha geração bebe porque é gostoso, porque é uma sensação melhor do que desabotoar o colarinho da camisa. Porque nós merecemos”, diz Sterling sobre o Gibson, seu drink favorito, enquanto descansava tranquilamente no sofá da Sterling & Cooper em um episódio da série.

Além dele, Roger demonstra claramente sua preferência por outros drinks à base de vodka em outras ocasiões, como o próprio Vodka Martini, guarnecido com azeitona. Outras vezes, apenas a dose da bebida ou de bourbon já é o suficiente.

GIBSON

INGREDIENTES

60 ml de Beefeater London Dry Gin
15 ml de vermute seco
1 cebola prata em conserva

MODO DE PREPARO

Encher um mixing glass com cubos de gelo. Adicionar todos os ingredientes. Mexer e coar em uma taça de coquetel. Decorar com uma cebola prata em conserva.

 

 

 

 

 

Outra receita que reflete a personalidade forte de um dos donos da agência de publicidade é o White Russian, reforçando seu apreço pelo destilado em uma versão mais calórica, acompanhada de creme de leite e licor de café. Neste caso, aliás, ele nem precisava ir até o bar mais próximo para saciar seu desejo habitual. Garrafas de vodka e leite estavam sempre ao lado de seu telefone, para que ele próprio pudesse prepará-lo.

Diz-se que o coquetel é uma variação do Black Russian surgida em Nova York, entre os imigrantes russos.  

WHITE RUSSIAN

INGREDIENTES

30 ml Absolut Vodka
15 ml de licor de café
30 ml de creme de leite

MODO DE PREPARO

Misture a Absolut Vodka, licor de café e creme de leite em um cocktail glass e sirva com gelo.

 

Nada como um Manhattan para desabafar sobre a vida, não é? Peggy Olson que o diga.

MANHATTAN, TERRA DOS SONHOS DE PEGGY OLSON

Peggy Olson é outra personagem marcante de Mad Men. A tímida secretária do Brooklyn se torna publicitária e se sai bem em meio a um ambiente competitivo e muito mais habitado pelo sexo oposto. Forte e determinada, ela costuma escolher o Manhattan para acompanhar reuniões de negócios e também desabafar sobre sua vida pessoal com o chefe Don Draper. Na ocasião, ela se refere ao drink como “liquid consolation”.

O drink também se associa ao sonho de Peggy em deixar o subúrbio para trilhar uma carreira bem-sucedida em Manhattan – região mais rica e desenvolvida de Nova York, envolta no glamour da época.

E se no início do seriado Peggy desaprovava a forma e a frequência como os colegas de agência bebiam, no final ela aderiu ao clube. Uma garrafa de Jameson Whiskey se tornou fiel companheira em longas noites de serão.

MANHATTAN

INGREDIENTES

1¾ oz de Jameson Irish Whiskey
¾ oz de vermute doce
1 dash de bitter
1 cereja marrasquino

MODO DE PREPARO

Coloque bitter e o restante das bebidas em um mixing glass. Misture e sirva em uma taça de martini. Guarneça com a cereja marrasquino.

Ainda na primeira temporada da série, Peggy decide se comportar como as demais garotas da Sterling & Cooper e dar chance para alguns encontros amorosos, em que faz de tudo para provar que é uma mulher experiente e refinada.

Em um desses encontros, Peggy saiu para jantar com um caminhoneiro e tentou mostrar a ele que era uma mulher sofisticada e decidiu pedir um Brandy Alexander. Denso e cremoso, a secretária não conseguiu tomar o drink e pediu ao garçom que ele fosse adoçado. O resultado lembrava um verdadeiro milkshake, deixando transparecer que ela não era tão experiente quando o assunto era bebida.


BRANDY ALEXANDER

INGREDIENTES

¾ oz  de creme de leite
¾ oz de brandy
¾ oz de creme de cacau
Noz moscada a gosto

MODO DE PREPARO

Coloque os ingredientes líquidos em uma coqueteleira. Bata e sirva em uma taça martini. Guarneça com uma pitada de noz moscada no topo do drink.

 

Galanteador, Roger Sterling pede um Bloody Mary para Joan e tenta convencê-la de que tudo ficará bem.

UM BLOODY MARY PARA JOAN HOLLOWAY

O tradicional drink de paladar salgado e cor avermelhada é visto pelo menos em duas ocasiões da série que envolvem a principal secretária da Sterling & Cooper, Joan Holloway, interpretada por Christina Hendricks.

Em uma delas, após sofrer um assalto ao lado do chefe Roger Sterling, com quem mantém um tórrido romance secreto, ela recorre ao coquetel para relaxar diante do ocorrido. Alguns episódios depois, ela repete a dose, desta vez abalada e incerta sobre seu futuro, quando descobre estar grávida.

BLOODY MARY

INGREDIENTES

1 ½ partes de Absolut Peppar
2 ½ partes de suco de tomate
¼ parte de suco de Lima-da-pérsia
¼ parte de suco de limão
2 dashes de molho inglês
3 dashes de molho de pimenta
1 pitada de pimenta preta moída e sal
1 palito de aipo
1 pedaço de limão siciliano

MODO DE PREPARO

Adicione todos os ingredientes em um copo alto e decore o drink com aipo e limão.

 

 

MAD MEN É UM GUIA DE DRINKS

Não à toa, são tantos os que aparecem no decorrer de sete temporadas que a emissora americana da série, a AMC, decidiu preparar um guia com todos as bebidas da série e suas receitas para a sorte dos fãs – deixando de lado as muitas doses de vodka, whiskey, vinhos e garrafas de cerveja consumidas do seriado.

No total, são 38 bebidas diferentes. A lista completa contém: Blood and Sand, Bloody Mary, Blue Hawaiian, Brandy Alexander, Champagne Cocktail, Martini, Cuba Libre, Daiquiri, Dirty Martini, El Presidente, French 75, Gibson Martini, Gin Rickey, Grasshopper, Greyhound, Mai Tai, Manhattan, Mint Julep, Mojito, Moscow Mule, Negroni, Old Fashioned, Pina Colada, Pink Squirrel, Pisco Sour, Sambuca con Mosca, San Martin, Saturn, Screwdriver, Sidecar, Sloe Gin Fizz, Stinger, The Harpoon, Tom Collins, Vodka Gimlet, Whiskey Sour, White Russian e Zombie.

Você vai gostar de ler!

Aprenda a preparar um drink que muda de cor: BUTTERFLY GIN TONIC

⍟ Em mais uma playlist da Série sobre Plantas Alimentícias Não-Convencionais na coquetelaria, você conhecerá a flor do Feijão Borboleta, que dá ...

Drink el presidente feito com havana club

El Presidente: uma breve história do Manhattan à cubana

⍟ Criado em homenagem a um presidente e aperfeiçoado por outro, este cocktail é quase uma resposta cubana à hegemonia dos drinks à base de whiskey do ...

Série: Drinks com Chivas Regal Scotch Whisky

⍟ Já faz um tempo que caiu por terra o mito de que o Scotch deve ser bebido puro. Aprenda quatro receitas consagradas de cocktails com whisky para fazer o ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante