Em que ano você nasceu?





Pernod Ricard Brasil anuncia mudança nos dosadores de garrafas para 2023

Notícias
mudanças nos dosadores de garrafas

⍟ A partir de janeiro, as garrafas de bebidas nacionais e importadas deixarão de ser vendidas com pinos e dosadores internos. Mudança reforça o compromisso da companhia com a sustentabilidade

Publicado em 23 de dezembro de 2022, às 9 horas.

O uso de dosadores internos, estilo cap-on, nas garrafas de bebida é uma prática comum na indústria brasileira. Eles são conhecidos por limitarem o fluxo de saída de líquidos e, em alguns casos, permitirem a identificação de produtos falsificados. Porém, esse tipo de dosador é feito de plástico que, quando descartado, leva centenas de anos para se decompor na natureza, causando um grande impacto ambiental. Por esse motivo, a Pernod Ricard Brasil anunciou que, a partir de janeiro 2023, vai fazer a retirada desses dispositivos e das válvulas internas de forma diferenciada em seu portfólio de produtos, gerando uma economia de 435 mil kg de plástico até 2025.

Nos últimos anos, a companhia vem fortalecendo suas ações em prol da redução do uso de plástico nas embalagens, a logística reversa de garrafas de vidro e análise de todos os processos e cadeia produtiva, de forma a reduzir também a emissão de dióxido de carbono nas suas atividades. No âmbito da comunidade de bar, a empresa também promove treinamentos e cursos voltados ao desenvolvimento de práticas mais sustentáveis, como o The Bar World of Tomorrow.

“Essa iniciativa dialoga com nossos objetivos de sustentabilidade e responsabilidade social que vão da produção do grão ao copo do consumidor, tornando nossos produtos cada vez mais responsáveis e alinhados com uma nova forma de ver o mundo”, explica Pedro Lobo, Diretor Comercial da Pernod Ricard Brasil. “Hoje, já atingimos importantes metas com programas como o Glass is Good, que faz a logística reversa de nossas garrafas no Brasil – reduzindo a emissão de CO2 na atmosfera e economizando o uso de energia.”

De acordo com o Dilton Sales, mixologista do Clube do Barman, muitas garrafas de bebidas importadas já são vendidas sem qualquer tipo de dosador interno, o que tornará a adaptação a essa nova dinâmica ainda mais fácil. “É importante ressaltar também que essas mudanças nos dosadores não afetarão o conteúdo do líquido de nossos produtos, mantendo o sabor e a qualidade que todos já conhecem”.

free pouring
Fim dos dosadores internos nas garrafas de bebida faz necessário repensar o free pouring ou utilizar biqueiras de metal (Foto: Pexels)

MARCAS AFETADAS PELA MUDANÇA

O portfólio de produtos nacionais da Pernod Ricard Brasil terá o fim do uso de válvulas internas, porém os dosadores continuarão fazendo parte das garrafas por algum tempo. Produtos como Conhaque Domecq, Whisky Natu Nobillis, Vodka Orloff, Vodka Orloff Gin, Montilla Vodka e todas as variedades de Rum Montilla passarão por essa mudança a partir do ano que vem.

Entre os rótulos importados, deixarão de ter qualquer tipo de dosador interno: Whisky Chivas Regal 12 Anos, Whisky Chivas Regal 13, Jameson Irish Whiskey, Jameson Caskmates IPA, Whisky Passport Scotch, Whisky Passport Honey, Absolut Vodka, Beefeater London Dry Gin, Whisky Ballantine’s Finest, Whisky Ballantine’s 12 Anos e Whisky Ballantine’s Bourbon Finish.

Vale ressaltar que as garrafas de variedades saborizadas de Absolut Vodka e Beefeater Gin já têm como padrão a venda sem dosadores. Essa também já é uma realidade do portfólio Prestige, composto de marcas como The Glenlivet, Monkey 47, entre outras.

NA PRÁTICA, O QUE MUDA?

Este é um modelo de dosador no estilo cap-on.

A primeira mudança é visual: no caso das garrafas nacionais, os dosadores estilo cap-on serão mantidos, porém sem o pino central; entre as bebidas importadas, haverá a retirada total do dispositivo.

Outras mudanças nos dosadores, mais relevantes, dizem respeito à alteração do fluxo de saída do líquido da garrafa durante o trabalho no bar. Nas garrafas de produtos feitos no Brasil, a retirada do pino interno do dosador aumentará levemente o volume de saída da bebida, tornando necessária maior atenção durante a preparação dos cocktails.

Já nas embalagens de spirits importados, a retirada do dosador levará a um aumento considerável do fluxo de bebida. Neste caso, pode ser interessante a utilização de uma biqueira de metal, que pode ser higienizada e reutilizada muitas vezes. Quem faz uso da técnica de free-pouring (medição da bebida a partir da contagem de tempo) deve considerar um pouco de período de estudo para se adequar às novas biqueiras.

Você pode conhecer os principais tipos de biqueiras, suas características e modalidades de uso nesta matéria do Clube do Barman.

Falando sobre mudanças nos dosadores das garrafas de bebidas: você sabe quais são as melhores práticas de armazenamento no bar? Descubra detalhes na matéria a seguir:

Descubra como armazenar bebidas corretamente no seu bar

Você vai gostar de ler!

dois drinks de verão com whisky chivas regal

Drinks de verão preparados com Whisky Chivas Regal

⍟ Destilados envelhecidos não devem ficar restritos aos cardápios de inverno. Nesta matéria, confira dicas e inspirações para vender cocktails ...

clube games em recife

Gravado em Recife (PE), Clube Games estreia no próximo dia 14 no YouTube

⍟ Primeira edição do game show de coquetelaria do Clube do Barman foi realizada em Recife (PE). A estreia do programa será no dia 14 de novembro, no ...

três jurados do drink masters segurando taça de bebida nas mãos

Drink Masters: coquetelaria internacional de alto nível em streaming

⍟ Doze dos melhores bartenders do mundo se reúnem para uma competição que propõe mostrar o melhor da arte de preparar cocktails e, de quebra, premiar o ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante