fbpx
Em que ano você nasceu?






Rota do Dry: app mostra onde beber os melhores Dry Martinis

Coquetel&
rota do dry app capa

⍟ No total, são 42 destinos imperdíveis para quem deseja saborear o drink em São Paulo e no Rio de Janeiro

Publicado em 17 de abril de 2018, às 15 horas.

Plymouth é uma das marcas de gin mais antigas do mundo ainda em atividade e, certamente, é uma das melhores para a produção de bons Dry Martinis. Com isso em mente, a equipe de Plymouth Gin da Pernod Ricard Brasil criou um aplicativo para quem deseja descobrir os melhores lugares para saborear o cocktail com o gin oficial da marinha inglesa. Surgiu, assim, o Rota do Dry.

O app mapeia, até o momento, 42 destinos para os amantes da mistura de gin e vermuth seco em duas capitais brasileiras: Rio de Janeiro e São Paulo. Além disso, ele disponibiliza informações úteis sobre o funcionamento da casa, como fotos, endereço, telefone para reservas e um breve histórico do local.

Rota do Dry app
App apresenta um breve histórico da marca e as casas mapeadas em SP e RJ

Os bares estão localizados nas mais diferentes regiões das cidades então, para não perder a viagem, é possível verificar a avaliação dos usuários sobre ela antes da visita. Depois, será a sua vez de avaliar o local em uma escada de uma e cinco estrelas.

Veja algumas das casas listadas no aplicativo:

Frank Bar (SP)
• Seen (SP)
• NOSSO Ipanema (SP)
• Riviera Bar e Restaurante (SP)
• SAL Gastronomia (SP)
• Guilhotina Bar (SP)
Guarita Bar (SP)
• The Juniper 44 (SP)
• Stuzzi Bar (RJ)
• Astor (RJ)
• Fasano Al Mare (RJ)
• Melt Bar (RJ)
• Bagatelle (RJ)
• Garoa (RJ)

 

Rora do Dry Martini - Frank Bar - Crédito Léo Feltran
Dry Martini servido no Frank Bar, em SP (Foto: Léo Feltran)

POR QUE PLYMOUTH GIN?

A produção deste gin é tão rigorosa e regionalizada que a marca foi consagrada como um tipo do destilado. Plymouth privilegia a água de qualidade como seu principal ingrediente. Ele é fabricado exclusivamente com a água pura da represa de Dartmoor, utiliza álcool de grãos e é preparado em alambiques de cobre vitorianos na destilaria de Black Friars.

Seus sete botânicos – zimbro, semente de coentro, casca de laranja e limão siciliano, cardamomo verde, raiz de angélica e raiz de lírio – garantem um gin aromático, encorpado e muito equilibrado. Ideal para um Dry Martini clássico e outras receitas refinadas.

Prova disso é que em um dos grandes livros da coquetelaria, o Stuart’s Fancy Drinks And How To Mix Them, reimpresso em 1904, a bebida já constava na receita do Margueritedrink da família dos martinis. Citado em diversas obras de referência para bartenders, o Plymouth deixou seu nome na coquetelaria do século XX.

Segundo o responsável por Plymouth Gin no Brasil, Bruno Siqueira, o app foi criado para divulgar o diferencial da marca em relação aos demais destilados de zimbro no mercado nacional. “Hoje, todas as marcas de gin batem na tecla da G&T. Plymouth deu um passo à frente ao decidir trabalhar com o Dry Martini, um cocktail mais elaborado”, pontua.

“A verdade é que o Dry Martini foi criado com Plymouth Gin, então nada mais justo do que disponibilizar uma rota para saboreá-lo”, finaliza.

ONDE BAIXAR?

O aplicativo Rota do Dry esta disponível para usuários com smartphones Android e iOS. Acesse este link para fazer o download na Google Play e este link para acessar a App Store da Apple. O download é gratuito.

Ainda segundo Siqueira, o objetivo é que a Rota do Dry supere as fronteiras do eixo Rio-São Paulo e mapeie outras casas em todo o Brasil. Para isso, basta que o bar sirva um Dry Martini clássico ou uma releitura assinada do drink com Plymouth Gin. Para incluir a casa onde você trabalha na próxima atualização da lista, basta enviar os dados e a receita no inbox da fanpage oficial do Clube do Barman.

Você vai gostar de ler!

Como preparar drinks com a técnica de throwing

UTENSÍLIOS PARA ESTA AULA Colher bailarina  – Coqueteleira de Boston –  Julep ou Hawthorne Strainer  –  Jigger   –  Taça ...

Antes e depois da geladeira: um marco da modernidade para a coquetelaria

⍟ Já parou pra pensar que não existia geladeira no Brasil até outro dia? Faça uma pequena viagem no tempo conosco e descubra como esse importante ...

Como preparar drinks montados

UTENSÍLIOS PARA ESTA AULA Colher bailarina  –  Hawthorne Strainer  –  Jigger  –  Faca  –  Taça Borgogne INGREDIENTES ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante