Em que ano você nasceu?






The Drunken Botanist – Para conhecer a origem botânica das bebidas

Coquetel&

⍟ Toda grande bebida começa com uma planta. O saquê começou com um grão de arroz. O scotch whisky emergiu de cevada, a tequila da agave, o rum de cana de açúcar, o bourbon do milho. O livro explica cada uma delas

Em The Drunken Botanist, a escritora Amy Stewart desvenda a origem botânica e a química do uso das plantas nas bebidas, explorando uma gama imensa de ervas, flores, árvores, frutos e fungos usados pela humanidade na produção de bebidas, através de bom humor, inspiração e momentos de puro desespero transformados em álcool.

De todas as plantas extraordinárias e obscuras que já foram fermentadas e destiladas, algumas são perigosas, outras são bizarras e há até uma tão antiga quanto os dinossauros. Cada uma delas representa uma contribuição cultural única para nossas tradições de consumo e nossa história. O melaço era um ingrediente essencial na independência americana: quando os britânicos forçaram as colônias a comprar o melaço britânico (e não o francês) para a produção de rum do Novo Mundo, a indignação dos colonos acendeu a Revolução Americana.

O gin nasceu de um arbusto de junípero, quando um médico holandês adicionou óleo de zimbro a um álcool neutro, acreditando que as bagas poderiam curar distúrbios renais

O centeio, que aparece na composição de inúmeros spirits, é vulnerável às cravagens, fungos que contém um precursor de uma das mais famosas substâncias ilícitas da atualidade, e alguns historiadores especularam que os julgamentos de bruxas em Salem ocorreram porque as meninas envenenadas pela cravagem tiveram convulsões que fizeram as pessoas pensarem que tinham sido enfeitiçadas. Além dessa e muitas outras, há também a história da batalha judicial de trinta anos que ocorreu entre para que uma marca muito conhecida de bitters pudesse utilizar comercialmente o nome de uma árvore.

Esta mistura fascinante de biologia, química, história, etimologia e mixologia – com mais de cinquenta receitas de bebida e dicas de cultivo para jardineiros organizadas em um livro com visual retrô – auxiliará na compreensão dos ingredientes usados na coquetelaria, dará noções de harmonização e combinações para suas criações.

autora do livro the drunken botanist

SOBRE A AUTORA

Amy Stewart é autora de dez livros, incluindo a série Kopp Sisters, que começou com Girl Waits With Gun e teve outros três livros na continuidade: Lady Cop Makes Trouble, Midnight Confessions de Miss Kopp e Miss Kopp Just Won’t Quit. A série é baseada na história real de três irmãs notáveis que viveram em Nova Jersey cem anos atrás.

A autora também escreveu seis livros de não-ficção sobre os perigos e prazeres do mundo natural, incluindo o best-seller do The New York Times, The Drunken Botanist, e as obras Wicked Bugs, Wicked Plants e Flower Confidential.

Amy mora em Portland com o marido Scott Brown, um negociante de livros raros. Os dois possuem uma livraria independente chamada Eureka Books, que é tão independente que, enquanto os dois moram no Oregon, a livraria fica na Califórnia.

livro the drunken botanist

The Drunken Botanist

Capa dura: 400 páginas
Editora: Algonquin Books
Idioma Inglês
ISBN-10: 1616200464
ISBN-13: 978-1616200466
Dimensões: 15,7 x 2,3 x 21 cm
Peso: 725 gr.

Site e loja: Clique aqui

Você vai gostar de ler!

bartender tendo sono de qualidade no balcão

Como conciliar a rotina de trabalho no bar com sono de qualidade

⍟ Trocar o dia pela noite é, muitas vezes, uma necessidade no mundo do bar. Saiba como as mudanças nos hábitos de sono podem prejudicar sua saúde e como ...

homem entrando em speakeasy durante a prohibition

Prohibition: um olhar mais profundo sobre a lei seca em documentário

⍟ Além dos esperados speakeasies, gangues de contrabando e cocktails que marcaram época, próprios de qualquer obra sobre o assunto, o documentário ...

kit de utensílios absolut vodka

Responda pesquisa de Absolut Vodka e concorra a kits de utensílios exclusivos

⍟ Marca conta com apoio da comunidade do Clube do Barman para uma pesquisa sobre o uso de bebidas pelos bartenders brasileiros. Responda-a e concorra a ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante