Em que ano você nasceu?






Responsib’ALL Day – Sustentabilidade para implementar no bar e na vida

Educacional

⍟ Ação mobiliza colaboradores da Pernod Ricard em vários países no evento que trata sobre maneiras para evitar o desperdício e explica os princípios da economia circular. Veja as dicas e coloque em prática

Publicado em 9 de junho de 2019, às 15h40.

Nas últimas oito edições deste evento foram tratados assuntos relacionados à responsabilidade que todos temos com a preservação e o bom uso dos recursos naturais e práticas sustentáveis e menos impactantes para a saúde do ecossistema. A iniciativa deste ano não poderia ser diferente e o foco da edição são as práticas de economia circular e a mudança nas práticas de consumo. Ao longo de todo o dia, são realizados eventos que envolvem quase 19 mil colaboradores da indústria de bebidas Pernod Ricard em diversos países.

Em um modelo de economia circular, a matéria prima é pensada, produzida, usada, reusada e reparada, até que é coletada e enviada para a reciclagem, ganhando nova forma e sendo colocada novamente no mercado. Neste processo, muito pouco é perdido.

ECONOMIA CIRCULAR

Os treinamentos desenvolvidos para os colaboradores envolvem uma reflexão que propõe reimaginar o consumo cotidiano, transmitindo algumas soluções práticas para a redução de resíduos de descarte, aproveitamento de insumos e destinação correta de resíduos, minimizando o impacto ambiental destas escolhas, como sugere a ideia de consumo circular.

E para que nossos leitores também possam participar desta iniciativa, não apenas hoje, mas de forma permanente em seus ambientes de trabalho, deixaremos algumas dicas para serem implantadas no bar amanhã mesmo:

APROVEITAMENTO DE CASCAS

Grande parte do resíduo orgânico produzido por bares e restaurantes é proveniente de sobras de bagaços e cascas de fruta. Mas ali nem tudo é lixo.

Recentemente publicamos uma matéria sobre o trabalho desenvolvido no bar Espaço Treze, que adota práticas de sustentabilidade. Uma das táticas de aproveitamento implantadas pela bartender Stephanie Marinkovic, por exemplo, é a utilização das cascas de laranjas e limões para a produção de álcool cítrico, utilizado na limpeza de mesas e balcão.

Já as cascas do abacaxi podem ser aproveitadas para a produção de um delicioso xarope que, além de evitar desperdício, trará receita ao bar a partir de um material que já estava dado como perdido. Confira na matéria:

Usando cascas de abacaxi em drinks

Glass is Good em parceria com uma cooperativa de reciclagem, em São Paulo

VIDRO NÃO É LIXO

O projeto Glass is Good, do qual participa a Pernod Ricard, potencializa o sistema de reciclagem de suas garrafas no país e enfraquece os falsificadores. Nos últimos anos, o projeto já reciclou mais de 21 mil toneladas de vidro, um material infinitamente reciclável.

Mesmo as garrafas de marcas que não participam deste ou de outros projetos devem ser descartadas de forma adequada, separadas para a coleta seletiva.

A iniciativa tem sido replicada progressivamente em diversos municípios brasileiros e tem evitado o descarte indiscriminado de dezenas de milhares de toneladas de vidro por ano, apesar de ainda não atingir metade de todas as garrafas descartadas no país.

Se no seu município ainda não existe uma opção de descarte adequado promovido pela prefeitura, busque informações em cooperativas de reciclagem locais.

CHEGA DE CANUDINHO DE PLÁSTICO

Desde o ano passado, o uso de canudos nos mais diferentes tipos de drinks foi alvo crescente de críticas pelos criadores de tendências e bartenders ao redor do mundo, muitas vezes entrando no mérito da falta de necessidade de colocá-los em alguns cocktails ou tipos de copos. Mas, a partir de 2018, o apelo da indústria vem sendo feito por uma causa muito mais nobre.

A multinacional publicou em nota o posicionamento que adotou no início de 2018 com relação à substituição dos canudos produzidos com plástico não-biodegradável em seus treinamentos e eventos por outras alternativas menos ofensivas ao meio-ambiente.

A iniciativa contra o uso dos canudos contribui com o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. O meta da Pernod Ricard é ambiciosa: reduzir o envio de lixo para aterros sanitários, que hoje beira 913 toneladas, para zero até 2020.

Uma solução aí no seu bar? Elimine os canudos desnecessário e, nos drinks em que é impossível beber sem canudo, adote modelos de metal reaproveitáveis. Além de ser charmoso, a natureza agradece.

Muitas coisas no bar são feitas a esmo e, além de serem fonte de desperdício de alimentos e poluição, causam gastos desnecessários e podem até mesmo espantar a clientela. Veja mais neste artigo:

Para refletir antes de colocar algumas coisas no copo

Você vai gostar de ler!

bartender tendo sono de qualidade no balcão

Como conciliar a rotina de trabalho no bar com sono de qualidade

⍟ Trocar o dia pela noite é, muitas vezes, uma necessidade no mundo do bar. Saiba como as mudanças nos hábitos de sono podem prejudicar sua saúde e como ...

homem entrando em speakeasy durante a prohibition

Prohibition: um olhar mais profundo sobre a lei seca em documentário

⍟ Além dos esperados speakeasies, gangues de contrabando e cocktails que marcaram época, próprios de qualquer obra sobre o assunto, o documentário ...

kit de utensílios absolut vodka

Responda pesquisa de Absolut Vodka e concorra a kits de utensílios exclusivos

⍟ Marca conta com apoio da comunidade do Clube do Barman para uma pesquisa sobre o uso de bebidas pelos bartenders brasileiros. Responda-a e concorra a ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante