Em que ano você nasceu?






Gustavo Peixe: desbravando territórios

Entrevista Nacional
gustavo-peixe-barman

⍟ Se Gustavo Peixe pudesse demarcar os lugares por onde passou levado pela coquetelaria, como num jogo de tabuleiro, não faltariam peças espalhadas à mesa.

Publicado em 17 de novembro de 2016, às 9h.

A lista de territórios ocupados é grande. A começar por Uberaba (MG), sua cidade natal. Lá teve seu primeiro contato com o balcão, ajudando na restaurante da mãe. Decidido a se aprofundar no tema, fez as malas e seguiu viagem. Primeiro percorreu o eixo Rio-São Paulo estudando flair,  produção de ingredientes e coquetelaria clássica. Depois veio o convite para trabalhar no Órbita Bar, em Fortaleza (CE). A experiência no Nordeste vingou e, recentemente, em parceria com Israel Charoy, abriu seu próprio negócio. Trata-se do Bar Grande, na Barra Grande, estado do Piauí.

Gustavo Peixe
Sabores regionais aos poucos vão sendo inseridos na carta de coquetéis do Bar Grande

“A mescla dos sabores regionais com a coquetelaria internacional dá uma nova visão para o nosso público”

Com tanta experiência em conquistar sucesso Brasil afora, apesar da pouca idade (34 anos), Gustavo tem uma visão bem particular do mercado. “A coquetelaria no Nordeste tem crescido. No Piauí ainda estamos em um estágio inicial, poucas pessoas tem conhecimento sobre o tema.  Mas a aceitação tem sido muito boa. A mescla dos sabores regionais com a coquetelaria internacional dá uma nova visão para o nosso público”, avalia.

PADRÃO INTERNACIONAL

Há dois anos, os sócios apostam suas fichas em uma carta que já serviu mais de 60 coquetéis reconhecidos pela IBA. Valorizar a padronização e estimular o público a familiarizar-se com os clássicos foram objetivos iniciais. Agora, aos poucos, tem sido introduzidas algumas receitas mais contemporâneas. Gustavo crava: “Queremos que o nosso cliente beba aqui o mesmo gin tonic que ele beberia em qualquer bar do mundo. É uma maneira de valorizá-lo e cativá-lo”, comenta.

bar-grande
A barra do Bar Grande invade a praia. Foto: Divulgação

DESBRAVANDO O PIAUÍ COQUETELEIRO

O sucesso da casa tem garantido um charme extra à acanhada – porém emergente – Barra Grande. Situado  no distrito litorâneo de Cajueiro da Praia, a 411 km de Teresina, o município tem pouco mais de 8 mil habitantes. Mas recentemente foi descoberto pelo turismo e cresceu em infraestrutura. Ainda assim, o acesso a produtos de bar ainda é difícil. Por isso, Gustavo e Israel buscam soluções sustentáveis. “Construímos a nossa própria horta e esperamos num futuro próximo utilizar insumos produzidos artesanalmente. Já fazemos isso com nossos licores e bebidas infusionadas”, revela.

peixe-drink-piaui“Somos um dos pioneiros da coquetelaria piauiense, por isso temos este compromisso de levar informação aos clientes”.

Em paralelo, o contato com profissionais da área espalhados pelo Brasil, rede elaborada em meio a tantas andanças, traz referências valiosas para o aprimoramento.  do atendimento e formação de equipe. Em sua visão, carisma, educação e honestidade são pré-requisitos para a formação de uma boa equipe de trabalho: “Estamos em um mercado ainda pouco explorado e somos um dos pioneiros da coquetelaria piauiense, por isso temos este compromisso de levar informação aos clientes”.

Afinal, como em todo bom jogo de tabuleiro, o segredo não é só explorar o mapa, mas conquistar seus territórios.

Você vai gostar de ler!

DRINKS COM GRENADINE VIDEOAULA CLUBE DO BARMAN

Três drinks preparados com grenadine

UTENSÍLIOS PARA ESTA AULA Coqueteleira  –  Jigger  –  Taça Cocktail  –  Taça Coupe  –  Zester  –  Faca  – Tea ...

Finalistas do Chivas Masters 2018

Confira os cinco barmen finalistas do Chivas Masters 2018

⍟ Bartenders finalistas foram escolhidos pelo júri formado pela embaixadora da marca e os mixologistas da Pernod Ricard Brasil durante o Mês Chivas. As ...

One commentOn Gustavo Peixe: desbravando territórios

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante