Em que ano você nasceu?






Eggnog, o cocktail tradicional do Natal americano

História

⍟ Seja ele servido quente ou frio, o drink nutritivo à base de ovos, leite e brandy é o símbolo das festividades natalinas nos Estados Unidos

Publicado em 15 de dezembro de 2017, às 14h.

Nenhum drink representa tão bem a tradição natalina dos Estados Unidos como o Eggnog. Feito a partir da mistura de leite, ovos, creme e brandy, ele é consumido durante o inverno, geralmente em família e é a cara do Natal. Sua receita é tão antiga que é quase impossível traçar seu caminho de popularização na coquetelaria e encontrar seu verdadeiro criador. Bastante alcoólico e calórico, ele tem uma textura densa e o toque de especiarias como canela ou noz moscada.

Não existe um primeiro registro de quem misturou os ingredientes pela primeira vez e batizou o drink como Eggnog, mas não faltam teorias sobre a origem do termo. Uma delas afirma que o nome é derivado da mistura de drinks do tipo grog e do noggin, um copo de madeira usado para servir doses de bebida alcoólica. Outra, do The Online Etymology Dictionary, afirma que o termo surgiu em 1775, no qual nog significava um tipo de cerveja forte adicionada à bebida.

Mas a teoria mais aceita entre estudiosos da coquetelaria e gastronomia é de que o Eggnog seja derivado do Posset, um tipo de mixed drink muito consumido na Inglaterra no Período Medieval. Ele era feito a partir da mistura de leite quente, vinho e uma série de especiarias como canela e noz moscada. Assim como outros cocktails, ele foi criado para a servir de remédio contra a gripe. O Posset se manteve popular pelo menos até o fim do século 17, cerca de cem anos antes da bebida ressurgir como Eggnog.

Drink de Natal em família: Em uma das cenas de Férias Frustradas de Natal, o personagem de Chevy Chase segura uma caneca de Eggnog em formato de alce.

Entre os séculos XVI e XVII, o Eggnog era consumido apenas por famílias mais abastadas. Leite, ovos, brandy, vinho e especiarias eram produtos bastante caros e que nem todos podiam comprar. Por isso, o drink era usado principalmente para propor brindes em festas. A mistura daquela época já era muito similar à atual da bebida.

BRANDY, RUM, BOURBON & CIA

O parlamento inglês, comandado pelo primeiro-ministro George Grenville, Parliament estabeleceu o Sugar Act em 1764. Essa medida sucedeu o Molasses Act de 1733, que impôs altas taxas sobre a importação de melaço. O Sugar Act reduziu a taxa pela metade, tentando retomar a competitividade da indústria britânica sem necessariamente4 acabar com a taxação. As taxas obrigaram uma mudança nos hábitos de consumos de bebidas dos americanos durante um longo período, e isto influenciou também a receita do Eggnog

Pela receita original, já consagrada, o Eggnog é preparado com qualquer tipo brandy ou cognac. No entanto, por questões históricas, culturais e até mesmo econômicas, a bebida também pode ser feita com outros destilados, desde que sejam envelhecidos.

Mas o cenário começou a mudar com o crescimento das vilas e fazendas e a substituição do brandy ou vinho por um destilado de custo menor. No século XVIII, durante as navegações da marinha inglesa pelo continente americano, os oficiais tiveram os primeiros contatos com o rum. Dos navios, ele chegou aos balcões e casas das colônias inglesas nos Estados Unidos. Como os impostos sobre o destilado do melaço da cana eram pífios quando comparados ao alto custo na compra do brandy, o rum passou a integrar a receita. Qualquer rum envelhecido pode ser usado, mas o jamaicano tinha preferência.

Outro spirit envelhecido bastante utilizado no preparo do Eggnog é o bourbon. A mudança de destilado base aconteceu a partir de 1733, quando os britânicos super-taxaram o melaço e, consequentemente, o rum consumido na colônia. Naquele período, afirmava-se que um colono americano consumia mais de um litro de rum diariamente. Especula-se também que o destilado tenha sido um dos fatores que levaram ao sucesso da Guerra de Independência dos Estados Unidos.

Com mais um aumento de preço, os americanos apostaram no bourbon como ingrediente não só para o Eggnog, mas também para uma série de drinks criados na época e seu consumo diário. Na falta dele, empregavam-se destilados artesanais.

QUENTE OU FRIO? OVO INTEIRO OU SÓ A CLARA?

Não existe certo ou errado na hora de preparar um Eggnog. A escolha da temperatura do drink é uma questão meramente convencional. Como ele costuma ser servido no inverno americano, entre o Dia de Ação de Graças e o Natal, a bebida quente é agradável e ajuda as pessoas a se protegerem do frio. Já em outros países onde o inverno é mais ameno, como no Brasil, bebida pode ser consumida gelada sem qualquer alteração na receita.

Drinks com ovo e cuidados para evitar o mesmo problema de sempre: salmonela

Ao contrário de outros drinks, em a clara de ovo é usada para criar uma leve espuma no cocktail; o Eggnog leva o ovo inteiro. A mistura das duas partes do ovo com o leite, creme e açúcar criam um líquido consistente, semelhante ao sorvete – esta é a textura desejada de um verdadeiro Eggnog.

Uma vez que o ovo inteiro é usado na receita, é preciso ter cuidado na hora de servi-lo. A salmonela é uma doença provocada por uma bactéria de mesmo nome, presente em alimentos contaminados, como o ovo. Para não colocar a saúde dos clientes em perigo, é interessante trocar o ingrediente fresco pelo pasteurizado, quando possível.

Nos Estados Unidos, existem ainda misturas prontas da bebida já higienizada, para serem consumidas com ou sem álcool. Mas por serem industrializadas, têm conservantes e costumam ser mais doces e gelatinosas do que o Eggnog preparado artesanalmente.

Eggnog

INGREDIENTES

75 ml de Cognac Martell Noblige V.S.O.P
60 ml de leite
15 ml de simple syrup
15 ml de creme de leite fresco
1 ovo
Noz moscada

MODO DE PREPARO – FRIO

Coloque todos os ingredientes em uma coqueteleira com gelo e bata. Faça uma coagem simples para um copo alto com gelo. Por fim, guarneça o drink com uma pitada de canela ou noz moscada.

MODO DE PREPARO – QUENTE

Coloque todos os ingredientes em uma panela, mexa a mistura e aqueça. Desligue o fogo antes do líquido alcançar o nível de fervura. Outra opção é esquentar a bebida em um microondas por cerca de um minuto em potência média. Sirva em uma caneca e guarneça com a pitada de canela ou noz moscada.

Jerry Thomas afirmava ser o criador do drink Tom and Jerry

E O TOM AND JERRY?

A receita de outro drink se assemelha muito a do Eggnog tradicional. Ao invés do brandy puro, o Tom and Jerry é feito a partir de uma mistura do destilado com rum e preparada sem leite ou creme.

Embora sua verdadeira origem date colonização inglesa, ele ressurgiu no livro Life in London, or The Day and Night Scenes of Jerry Hawthorn Esq. and his Elegant Friend Corinthian Tom (1821), de autoria do jornalista britânico Pierce Egan, no qual propunha uma receita mais fortificada do cocktail.

Mas foi nas mãos do mestre Jerry Thomas que ela se popularizou. Em seu livro The Bar-Tender’s Guide (1862), ele descrevia a receita do punch e dizia que muitas vezes ela era chamada pelo nome do bartender. Durante sua carreira, o americano afirmou ser o autor da receita do drink e que a havia criado em 1847 para um cliente que pedia um ovo batido com açúcar. Fato é que o Eggnog original ou a variação proposta no Tom and Jerry precedem o nascimento de Thomas, que não poderia tê-lo realmente inventado.

Clique para ver a receita do Tom and Jerry

Tom and Jerry

(por Jerry Thomas, 1862)

INGREDIENTES

2,3 kg açúcar
12 ovos
1/2 copo de rum jamaicano
1 1/2 colher de chá de canela
1/2 colher de chá de cravo da índia
1/2 colher de chá de pimenta da jamaica

MODO DE PREPARO

Bata as claras dos ovos até formar uma espuma firme e bata as gemas até atingirem um ponto líquido como água. Misture as claras e gemas, adicione os temperos e o rum, engrosse a mistura com o açúcar até chegar ao ponto de massa.

Para servir aos clientes: coloque uma colher da massa dentro do copo, adicione uma medida de brandy e complete o copo com água fervente. Coloque uma pitada de noz moscada ralada no topo. Adeptos do bar, algumas vezes adotam a mistura de 1/2 de brandy, 1/4 de rum jamaicano e 1/2 de rum Santa Cruz ao invés do brandy puro. Essa mistura geralmente é armazenada em uma garrafa e uma medida é usada em cada Tom and Jerry.

Você vai gostar de ler!

DRINKS COM GRENADINE VIDEOAULA CLUBE DO BARMAN

Três drinks preparados com grenadine

UTENSÍLIOS PARA ESTA AULA Coqueteleira  –  Jigger  –  Taça Cocktail  –  Taça Coupe  –  Zester  –  Faca  – Tea ...

Finalistas do Chivas Masters 2018

Confira os cinco barmen finalistas do Chivas Masters 2018

⍟ Bartenders finalistas foram escolhidos pelo júri formado pela embaixadora da marca e os mixologistas da Pernod Ricard Brasil durante o Mês Chivas. As ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante