Em que ano você nasceu?





Gong Bar: coquetelaria inovadora a 52 andares de altura

Europa Mundo afora
Balcão do Gong Bar, em Londres

⍟ Considerado o mais alto de Londres, o balcão do Gong Bar foge do lugar comum em busca de sabores que evoquem experiências visuais criativas

Publicado em 2 de outubro de 2018, às 11h30.

Do chinês, o termo dougong é uma palavra sem correspondente em qualquer outra língua. Ela refere-se a uma estrutura única criada pela engenharia chinesa para interligar pedaços de madeira utilizados nas construções de templos, casas e outras edificações, a fim de que não ruíssem durante terremotos e outras catástrofes naturais. Essa tecnologia com mais de 2500 anos é um elemento de decoração rústico que marca presença no Gong Bar, em Londres.

Localizado no 52º piso do Hotel Shangri-La, a casa tem uma vista privilegiada do Rio Tâmisa, London Eye e outros pontos pontos turísticos da capital mundial da coquetelaria. Mas nem por isso a atenção é desviada dos cocktails. Sob a batuta – ou colher bailarina, como preferir – do head bartender italiano Christian Mapes, são criadas verdadeiras óperas etílicas, que usam elementos concretos e experiências sensoriais como fio condutor para contar histórias.

Mapes, que fez carreira no tradicionalíssimo American Bar, entre 2012 e 2014, levou para a nova casa toda sua experiência com guarnições finas e apresentações marcantes. Não pense em seu balcão como uma simples estação de preparo de drinks, mas sim como um lugar onde são criadas obras de arte inusitadas – tanto para os olhos, quanto para o paladar.

NAS TELAS DO CINEMA

Um dos menus da casa que mais desperta atenção dos aficionados por coquetelaria é o Director’s Cut, expressão inglesa dada à segunda versão de um mesmo filme, em que o diretor deixa transparecer suas reais intenções e interpretações da história.

É composto por 20 cocktails autorais, separados em cinco categorias: Aventura e Fantasia, Romance e Ficção Científica, Suspense e Drama, Crimes e Ação e, finalmente, Animações e Super Herois.

‘History Became Legend’, inspirado na atmosfera das florestas e natureza rústica presentes nas franquias O Senhor dos Anéis e Hobbit, dirigidas por Peter Jackson (Foto: Gong Bar)

O primeiro deles traz quatro mixed drinks claros e refrescantes como o History Became Legend, inspirado no cineasta Peter Jackson. Notas terrosas, sabores e aromas lembram a atmosfera das florestas mais densas de seus filmes. Feito com Rum Havana Club Selección de Maestros, vinho neozelandês, beterraba em pó, frutas do bosque, mel de pinha e Black Sesame bitters.

Diretor de quatro filmes da franquia Harry Potter, o britânico David Yates também ganhou um drink especial em homenagem ao seu trabalho. Wingardium Leviosa, magia usada pelos personagens da filme para fazerem levitar objetos, é feito com Plymouth Navy Strengh Gin, manteiga de cerveja Pale Ale e chá de tamarindo. O resultado é mix de sabores cítricos e amanteigados.

Na seção ‘Romance e Ficção Científica’, predominam sabores e aromas doces. Um dos diretores mais icônicos deste gênero na atualidade, Christopher Nolan, tem em seu currículo longas notáveis como Batman – O Cavaleiro as Trevas e Interestelar. No Gong Bar, seus fãs podem experimentar o Hidden Self, inspirado no roteirista. É um aperitivo frutado, com saquê, vinho, vodka, ponzu (equivalente ao shoyu), sloe e orange bitters. Blake Edwards, reconhecido diretor norte-americano, famoso pelo clássico Bonequinha de Luxo, foi homenageado no drink A Cat With No Name. Feito com Beefeater 24 Gin, cordial de yuzu e umeshu, lavanda e chá chinês, ele traz notas delicadas orientais e é servido em uma taça chinesa.

Notas doces e delicadas de chás orientais são combinadas com Beefeater 24 no cocktail ‘A Cat With No Name’ (Foto: Gong Bar)

Na terceira seção, que faz referências etílicas aos diretores de drama e suspense, a ideia é fazer com que elementos opostos se atraiam. Sendo assim, Alfred Hitchcock não poderia ficar de fora. Mestre do terror e suspense, tem seu trabalho transformado no Frhed H.C. Cocktail, de difícil classificação. O menu do bar o descreve como “sour, com toques apimentados complexos e textura de carne”. Um dos maiores cineastas de todos os tempos, Stanley Kubrick, tem seu nome estampado ao lado do Hypnoid State. O nome da criação te lembrou algum filme? Então espere para vê-lo, porque a associação com suas obras é imediata. Feito à base de Absolut Elyx Vodka, lemon verbena, leite de arroz e clara de ovo, é um long drink refrescante cítrico e leitoso.

A quarta seção do menu autoral, Crimes e Ação, tem como um dos destaques o Bulletproof, em homenagem à mente brilhante por trás de O Poderoso Chefão, Francis Ford Coppola. Seus ingredientes são scotch whisky, aperitivo de bergamota, vinho jerez oloroso e fumaça líquida, traz um copo, literalmente, à prova de balas, moldado pelo impacto de um projétil.

Na quinta e última parte do cardápio é composta por mocktails – apelido dado aos drinks não alcoólicos. Inspirados em sagas fantásticas e aventuras lendárias e super heróis, relembra o trabalho dos cineastas Sam Raimi (Homem Aranha), Wolfgang Reitherman (Hobin Hood), Bryan Singer (X-Men) e Hayao Miyazaki (A Viagem de Chihiro).

Inspirado no diretor de Laranja Mecânica, O Iluminado e outros filmes que desafiam os sentidos, o drink ‘Hypnoid State’ teria tudo para ser um dos favoritos de Kubrick (Foto: Gong Bar)

REVERÊNCIA ÀS GRANDES INVENÇÕES

No mês passado, a equipe do Gong Bar revelou um novo cardápio autoral, com um novo e ousado objetivo: explorar as grandes invenções da humanidade. Como transformar a inspiração dos inventores para dentro de um copo? A resposta está em cada um dos 15 drinks da A Miscellany of Inventions. Assim como é costume na casa, o menu é dividido em seções e inclui opções não alcoólicas para os visitantes da casa.

“Os cocktails trazem à vida invenções que foram verdadeiros avanços tecnológicos”, disse Christian Mapes à The Spirit Business. “É difícil imaginar o mundo que conhecemos hoje sem chaves de fenda, computadores, filmes e guitarras elétricas”.

Entre as novidades, há o Look No Hands, que combina scotch whiskytriple séc, redução de cerveja IPA e bitter. O nome é uma brincadeira com a frase ‘olha, sem as mãos!’, e homenageia o inventor da bicicleta, Karl Von Drais. Outra invenção homenageada é o balão. Over The Rainbow é feito com Martell VS Cognac, vinho jerez, tangerina, romã, limão siciliano e coalhada. É servido em um copo quente em formato de balão e acompanha um biscoito escocês artesanal.

uma das invenções mais importantes do último milênio, a Penicilina e seu criador, Alexander Fleming, são homenageados no drink The Cure. Ele leva Monkey 47 Gin, licor de alcaçuz, maple, frutas cítricas, timur salgado e aperitivo frutado.

Over The Rainbow, drink em homenagem à criação dos irmãos Joseph-Michel e Jacques-Étienne Montgolfier (Foto: Gong Bar)

GONG BAR

Endereço: 31 St. Thomas St London, SE19QU
Horário de funcionamento: de segunda à sábado, das 12 às 1h. Domingos das 12h à meia noite.
Telefone: 020-7234-8000
Site: www.gong-shangri-la.com

Você vai gostar de ler!

drink cereja amarelo em cima da mesa

Conheça o ‘Cereja Amarelo’, drink vencedor da Batalha do Clube by Kahlúa

⍟ Criada por um fotógrafo especializado em coquetelaria, receita quebra padrão dos cocktails à base de café e confere sabores mais frutados ao paladar ...

drink de inverno

7 drinks com The Glenlivet para aquecer seu bar neste inverno

⍟ Whisky tem se provado cada vez mais uma bebida que não tem hora nem lugar ideal. Aprenda sete receitas para preparar no seu bar na estação mais fria do ...

colin scott avaliando whisky

Colin Scott, master blender de Chivas Regal, se aposenta após 47 anos

⍟ Responsável por manter a qualidade dos sabores e aromas de toda a família de Chivas Regal, deixa como legado importantes rótulos da bebida Publicado em ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante