Em que ano você nasceu?






The Hole: uma noite de cocktails dentro da prisão de Alcatraz

América do Sul Mundo afora
Entrada do salão do bar the hole na argentina

⍟ Entre na prisão, tire sua foto mug shot, visite sua cela e desfrute de cocktails dos criminosos mais perigosos do mundo. O speakeasy argentino The Hole convida os clientes a viverem uma noite na mítica prisão de Alcatraz

Publicado em 11 de abril de 2019, às 10 horas.

Quem caminha pela Calle Armenia, no boêmio bairro de Palermo, em Buenos Aires, não imagina o que está escondido por trás da porta de cor preta do número 1743. A ser autorizado a entrar, o local mais parece alguma experiência oferecida por parques de diversão. Ao invés de um balcão e bartenders, o visitante dá de cara com uma sala escura e uma mensagem do responsável pela prisão do speakeasy The Hole.

Ela dá as boas-vindas, explicando que cada detento tem direito a uma cela, roupas próprias, frequentar o refeitório e também alguns privilégios únicos da prisão, que é dividida com alguns dos mais perigosos criminosos da história. Antes de liberar a porta, ele também dá avisos sobre o que pode acontecer caso algum detento saia da linha.

A porta, então, é aberta. Assim começa sua noite dentro da prisão de Alcatraz.

POR DENTRO DE ALCATRAZ

prisão federal de segurança máxima alcatraz
Alcatraz (Foto: D Ramey Logan/Creative Commons)

O complexo penitenciário que inspira a atmosfera do bar realmente existiu e operou como prisão federal de segurança máxima no estado da Califórnia entre 1934 e 1963. O nome Alcatraz é o mesmo da ilha onde está localizada, na região de San Francisco Bay.

Durante seu período de funcionamento, recebeu alguns dos mais notáveis criminosos norte-americanos, como Arthur Barker, Al Capone, Mickey Cohen, Machine Gun Kelly e Robert Stroud – este último também conhecido como Birdman of Alcatraz.

Devido ao seu complexo sistema de segurança e também aos privilégios oferecidos aos prisioneiros, quem iam desde sessões de cinema aos fins de semana à prática de instrumentos musicais, a prisão tinha um custo operacional três vezes maior que a média das cadeias americanas. Assim, o governo decidiu transferir os internos e encerrá-la nos anos 60.

NOITE DE PRISIONEIRO

Ao se tornar mais um detento de Alcatraz, logo que as portas da prisão se abrem os visitantes são convidados a tirar uma mug shot (retrato de prisioneiro para identificação, com placa numérica e altura). Em busca do bar, as pessoas saem da sala e se veem em frente à porta do refeitório da casa. Um carro da época, estacionado à porta, dá visão para alguns bancos, máquinas de venda de cigarros, pôsteres de criminosos procurados pela justiça e uma pequena loja cenográfica do whisky Chivas Regal.

carro na entrada do bar the hole
Cadillac Modelo 341A Sedan, igual ao usado por Al Capone, chefe da máfia de Chicago na Lei Seca para praticar seus crimes. Tinha vidros à prova de bala e era chamado de ‘The Killer’  (Foto: The Hole)

No refeitório, que geralmente tem mesas lotadas pelo sistema de reservas, a luz é baixa e o pé direito é alto, dando visão para o conjunto de celas do piso superior. Antes de sentar-se ao balcão, livre para quem deseja somente tomar alguns drinks, há quem prefira conhecer as celas, deitar nas camas e garantir boas fotos.

No bar, não estranhe caso um detento venha atendê-lo. No The Hole, eles estão por todos os lugares e seu número de identificação está exposto nos uniformes e aventais.

UM MENU TOP SECRET

Capa da carta de drinks do bar The Hole
Você tem coragem de abrir? (Foto: The Hole)

Assim como o arquivo de qualquer boa penitenciária, as fichas dos presos da The Hole também estão guardadas dentro de uma pasta com o carimbo Top Secret. Mas o acesso à carta de cocktails da casa não é problema, pois é um dos inúmeros benefícios dos internos.

Ela contém cerca de 20 receitas inspiradas no perfil e nos delitos dos criminosos de elite que já passaram por Alcatraz. Entre eles, alguns que ganharam notoriedade durante a Lei Seca, como Al Capone, e outros famosos por suas vidas criminosas, como Baby Face Nelson, Machine Gun Kelly, Bumpy Johnson e Alvin Karpis – este último é dono da maior pena cumprida na ilha, 26 anos.

A ficha de cada um dos prisioneiros é acompanhada de foto, apelidos, lista de crimes cometidos e um cocktail da casa, que facilita a escolha dos visitantes por detalhar escalas de dulçor, amargor e teor alcoólico.

Menu do bar argentino the hole
Qual drink representaria seu gângster favorito? (Foto: Clube do Barman)
drink public enemy n1 the hole
Public Enemy #1 (Foto: Clube do Barman)

O Public Enemy #1, que representa a trajetória de roubos e violência por trás de Baby Face Nelson, é preparado com Chivas Regal 12 Anos, xarope de gengibre e alecrim, frutas vermelhas, suco de limão e maracujá.

Para lembrar os crimes do Machine Gun Kelly, o Mr. Kelly’s Box leva whiskey bourbon, cerveja belga, suco dos limões tahiti e siciliano, simple syrup e angostura bitters. Ele vem servido em uma garrafa de bolso, para que cada prisioneiro sirva a si mesmo.

THE HIDDEN GROUP

Toda a experiência vivida no The Hole foi criada pelo The Hidden Group, responsável também por outras casas com atmosfera complexa e speakeasies como o Docks e J.W. Bradley, ambas na capital argentina.

THE HOLE – PENITENTIARY BAR

Endereço: Rua Armenia, 1743, Palermo, Buenos Aires, Argentina.
Horário de funcionamento: quartas e quintas-feiras, das 20h às 2h, e sextas e sábados, das 20h às 4h.
Telefone: +54 11 4832-0143
Redes sociais: Facebook / Instagram
Site: clique aqui
Informações:
 info@theholeba.com

Gosta de Speakeasies? Então vai pirar com essa matéria especial que conta como surgiram os bares escondidos durante a Lei Seca dos Estados Unidos:

Fale Baixo! O surgimento dos Speakeasies durante a Lei Seca nos EUA

Você vai gostar de ler!

bartender tendo sono de qualidade no balcão

Como conciliar a rotina de trabalho no bar com sono de qualidade

⍟ Trocar o dia pela noite é, muitas vezes, uma necessidade no mundo do bar. Saiba como as mudanças nos hábitos de sono podem prejudicar sua saúde e como ...

homem entrando em speakeasy durante a prohibition

Prohibition: um olhar mais profundo sobre a lei seca em documentário

⍟ Além dos esperados speakeasies, gangues de contrabando e cocktails que marcaram época, próprios de qualquer obra sobre o assunto, o documentário ...

kit de utensílios absolut vodka

Responda pesquisa de Absolut Vodka e concorra a kits de utensílios exclusivos

⍟ Marca conta com apoio da comunidade do Clube do Barman para uma pesquisa sobre o uso de bebidas pelos bartenders brasileiros. Responda-a e concorra a ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante