Em que ano você nasceu?






Vidottinho: novo reduto da coquetelaria em Campinas

Brasil Adentro Sudeste

⍟ Casa surgiu há sete meses no badalado bairro do Cambuí e prima pela excelência na criação dos drinks. No comando do balcão, um dedicado “prata da casa”: Guilherme ‘Ganso’ Araújo. 

Publicado em 05 de outubro de 2017, às 15h.

Inaugurado em fevereiro deste ano, o Vidottinho é um projeto pilotado por amigos de longa data. Agora sócios, Mark Cappa, Fabrício Aggio, Ricardo Alvarenga, Silas Ribeiro e Leonardo Vidotti eram habituais frequentadores do Cambuí – famoso reduto da boemia em Campinas (SP) – e identificaram ali uma oportunidade para empreender. Na visão do grupo, ainda faltava nos arredores um balcão capaz de conquistar o público com as inovações da coquetelaria internacional e, ao mesmo tempo, preservando a tradição dos melhores botecos brasileiros.

Guilherme Araújo "Ganso"
Prata da casa: o barman Guilherme “Ganso” Araújo

O notório crescimento do consumo de drinks no país também foi outro fator determinante para que as ideias saíssem do papel. Inclusive no intuito de aquecer o mercado na região.

“Decidimos investir em um local que contemplasse as novidades da coquetelaria, mas sem perder a essência. E também em um profissional que conduzisse este processo da melhor forma possível”, afirma Mark Cappa. Foi quando entrou em cena o bartender Guilherme Araújo.

Considerado peça fundamental do projeto, Guilherme – mais conhecido como “Ganso” – tem toda a liberdade para trazer sugestões e, ao mesmo tempo, desenvolver outras que venham através dos sócios. “Às vezes ele incorpora a ideia ao cardápio, em outras propõe modificações para contextualizar com nosso projeto e assim seguimos”, complementa.

FILHO DA TERRA

Aos 27 anos, Ganso é um entusiasta do universo dos cocktails. Filho da terra, começou cedo como garçom em um bar chamado Iffi, onde logo teve sua atenção despertada pelas receitas que abasteciam os copos e normalmente recebiam elogios vindos das mesas. O apelido, aliás, também é herança deste período: a semelhança física com o jogador que à época despontava atuando pelo Santos Futebol Clube encarregou-se do resto.

Para se tornar um craque do balcão, porém, Ganso sabia que precisava praticar muito. Mergulhou em livros, cursos e pesquisas, até que surgiu a chance de ser parte da equipe de bar – vaga que ocupou em definitivo. “Minhas lembranças do Iffi são muito boas. Foi um verdadeiro laboratório, pela grande quantidade e variedade de bebidas servidas a cada noite. Descobri novos sabores e tive a convicção de que amava aquele trabalho”.

“Eu conhecia dois dos sócios e acreditei na ideia. Quando cheguei ao Vidottinho havia apenas um balcão de madeira e prateleiras. Fomos moldando com o tempo e ver o resultado agora é bacana. Já se passaram sete meses e estamos a todo vapor, chegando a atender entre 400 e 500 clientes em uma noite”, comemora.

Boteco Vidottinho
Localizado no Cambuí, bairro boêmio da cidade, o bar costuma atender até 500 pessoas por noite

VIDOTTINHO: PLANOS ARROJADOS

Os sócios acreditam que o Vidottinho já é parte importante na evolução da coquetelaria no interior paulista. Acompanham de perto o setor em busca de atualizações e contam ainda com a parceria da Pernod Ricard Brasil. O intuito é  traçar planos arrojados em termos de comercialização, divulgação e execução de novas bebidas.

“A Pernod Ricard sempre foi uma referência nos destilados usados para cocktails. Hoje, com o aumento do consumo de rum e, principalmente, do gin, as pessoas estão apreciando outros sabores. E a qualidade inquestionável de seus produtos é muito bem-vinda”, avaliam.

Drinks Vidottinho
Vidotttinho tem uma seleção de drinks à base de gin e whiskey

Um amplo repertório clássico e releituras que propõem novos sabores e sensações aos clientes são a base da carta de cocktails. O padrão, aliás, é seguido desde a abertura da casa. Outra atração são os pedidos on demand.  É quando o cliente especifica um sabor que o agrada e o drink é criado na hora. “Deixamos o cliente à vontade para não pagar o cocktail caso ele não agrade ao seu paladar. Até hoje nunca tivemos uma rejeição”, assegura Cappa.

A missão, porém, segundo Ganso, é das mais desafiadoras: “O público na nossa região está sempre muito bem informado e cada vez mais exigente. Por isso, quem se propõe a investir e divulgar a coquetelaria como um segmento importante dentro de seu negócio deve fazer muito bem feito. Caso contrário pode ser tornar algo negativo”, analisa.

PRODUÇÃO ARTESANAL

Para conquistar os paladares mais refinados, ele tem investido na produção de insumos e gelo e na utilização de frutas, botânicos e especiarias brasileiras. Além disso, faz testes em casa para elaborar seus próprios bitters e planeja se aprofundar em técnicas de destilação. Seu objetivo é preservar cada vez mais os sabores e aromas que encantam seus clientes.

Aliás, enquanto seu bartender se esmera na busca diária pela excelência, a casa também não descuida da gastronomia. E aposta num conceito que abrange legítimos petiscos brasileiros, desde coxinhas de diferentes sabores até frutos do mar empanados, passando pelo carro-chefe da casa, o “Escalopinho do Vidotti”.

“Nós essencialmente investimos e nos preocupamos muito com nossa cozinha e carta de drinks. Pela simplicidade, qualidade e atendimento que buscamos, pretendemos ser uma opção para qualquer ocasião. Isso nos motiva a evoluir”, conclui Cappa.

Drink Boteco VidottinhoCaravela Irlandesa

INGREDIENTES

70 ml de Jameson Irish Whiskey
20 ml de xarope artesanal de canela e baunilha
10 ml de suco de laranja
Grãos de café

MODO DE PREPARO

Adicione todos os ingredientes ao mixing glass, misture com gelo e coe para um copo alto. Em seguida, defume com canela e guarneça com grãos de café.

 

 

Boteco Vidottinho

Horário de funcionamento: de terça a sexta-feira, das 17 às 01h; sábado, das 16 às 01h; domingo, das 15 às 23h.
Informações: (19) 3325-8882.

Você vai gostar de ler!

Aprenda a preparar um drink que muda de cor: BUTTERFLY GIN TONIC

⍟ Em mais uma playlist da Série sobre Plantas Alimentícias Não-Convencionais na coquetelaria, você conhecerá a flor do Feijão Borboleta, que dá ...

Drink el presidente feito com havana club

El Presidente: uma breve história do Manhattan à cubana

⍟ Criado em homenagem a um presidente e aperfeiçoado por outro, este cocktail é quase uma resposta cubana à hegemonia dos drinks à base de whiskey do ...

Série: Drinks com Chivas Regal Scotch Whisky

⍟ Já faz um tempo que caiu por terra o mito de que o Scotch deve ser bebido puro. Aprenda quatro receitas consagradas de cocktails com whisky para fazer o ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante