Em que ano você nasceu?





Inspirado em Bauhaus, conheça o bar com formas no lugar do nome

Europa Mundo afora

⍟ Impossível de encontrar no Google e com uma estética inspirada na escola Bauhaus, conheça a nova empreitada de Remy Savage

Em uma época em que admitimos que só existe aquilo que é possível encontrar no Google, nasceu em Londres, no final do ano passado, um bar quase impossível de encontrar pelo buscador. O 🔶🟥🔵, também chamado carinhosamente de ‘Bar com formas no lugar do nome’, não poderia ser mais disruptivo. Fundado pelo reconhecido bartender Remy Savage, com passagem brilhante pelo The Little Red Door (Paris) e Artesian (Londres); em parceria com Paul Lougrat e Maria Kontorravdis, a pequena porta foi aberta durante a pandemia, mas chama a atenção de quem passa pela Kingsland Road. Afinal, não é possível ler a placa ou sequer entender o que se passa naquele estabelecimento.

A ideia, porém, não surgiu absolutamente do nada – veio do amadurecimento de uma experiência pessoal. Desde 2017, Savage afirma ter dedicado uma parte de seu tempo para estudar e repensar a forma como consumimos e criamos no mundo da coquetelaria. Tudo começou quando o barman se desafiou a criar uma série de drinks a partir de somente 20 garrafas de bebida – a experiência foi divertida e acabou abrindo sua mente para outras formas de ver a criação de cocktails artesanais.

“Nosso objetivo é sabor”, disse Savage em uma entrevista à Drinks International. “Na Bauhaus não faria sentido ter 400 garrafas no bar. Um de seus pioneiros, Mies van der Rohe, cunhou a frase ‘menos é mais’”. Ter poucos tipos de bebidas à disposição não quer dizer necessariamente fazer escolhas óbvias. Acompanhando os posts do bar no Instagram, é possível ver a preferência por marcas de produção menor, eaux de vie feitas a partir de frutas tão improváveis quanto o marmelo, entre outras .

Segundo Remy Savage, o bar seguirá três diretrizes importantes:

🔶🟥🔵 só terá o estoque de 20 garrafas por vez
🔶🟥🔵 vai compartilhar a receita de todos os drinks pelo Instagram
🔶🟥🔵 terá um “programa de intercâmbio” em que qualquer pessoa de qualquer parte do mundo poderá trabalhar no bar e aprender com toda a equipe. O estágio terá a duração de três meses e será pago, como todos os profissionais do bar. Os primeiros estudantes já foram escolhidos, trata-se de um casal da Bélgica.

MAS AFINAL O QUE FOI A ESCOLA BAUHAUS?

A escola de arquitetura que leva o mesmo nome surgiu em Weimar, na Alemanha, em 1919, no período entre guerras e criou um estilo único que se mantém vivo até hoje. Vanguardista, a escola também é lembrada como a primeira instituição de design do mundo moderno.

Fundada por Walter Gropius, a escola é conhecida por ter introduzido o uso de materiais pré-fabricados, com simplificação dos volumes, a geometrização das formas e o predomínio de linhas retas em tudo que era produzido – desde prédios a luminárias e mobília.

Quando focamos a atenção na arquitetura, a Escola Bauhaus difundiu um estilo de paredes predominantemente lisas, de cores neutras e sem decoração. Ao observar os materiais, formas e cores de tudo que é feito no 🔶🟥🔵,  é possível perceber também o predomínio das cores primárias em detrimento das outras.

É inegável, também, a influência de Bauhaus em tantas outras expressões artísticas e de design que encontramos hoje, como o minimalismo e a funcionalidade, presentes também no trabalho do grupo de bartenders.

Gosto da ideia de que a vida sem o Google é possível. Na era da tecnologia, nós podemos ser um speaskeasy tecnológico.

Remy Savage em entrevista à Drinks International

DRINKS PELA INTERNET

Se por um lado é possível uma vida (ou um bar) sem resultados no Google, o mesmo não existe sem redes sociais. Para tornar palpável a interação digital entre os clientes e o bar, foi criado o Instagram @a_bar_with_shapes_for_a_name_, onde há informações sobre o menu, novidades sobre a casa e as bebidas servidas por eles. A estética típica de Bauhaus não poderia ficar de fora e se faz presente nas imagens e também na organização do feed.

O grupo também criou um site em que são vendidos alguns drinks artesanais como o Negroni, Tommy’s Margarita, Espresso Martini, Old Fashioned e Gimlet – cada um a 25 libras, pouco mais de R$190.

Agora que você já conhece a inspiração por trás do bar com formas no lugar do nome, saiba mais sobre um dos menus elaborados por Remy Savage em Paris:

Little Red Door: um menu de valores universais por detrás da pequena porta vermelha

Você vai gostar de ler!

caipirinha

Caipirinha: as possíveis origens do clássico brasileiro centenário

⍟ Cocktails são expressões da cultura etílica de um povo através dos tempos, e com a Caipirinha não foi diferente. Conheça as histórias deste ...

7 cocktails simples e saborosos para o cardápio de brunch do seu bar

⍟ O brunch é uma ocasião de consumo que requer um cardápio especial para o seu bar. Nesta matéria, selecionamos sete drinks saborosos que podem fazer ...

brunch

Brunch: saiba o que é e como usá-lo para aumentar a venda de drinks no bar

⍟ Tradição em países como Estados Unidos e Inglaterra, a cultura do brunch tem se espalhado em diversas cidades brasileiras. Saiba o que é e como usar ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante