Em que ano você nasceu?





Gustavo Rômulo: “Participantes estavam dispersos em plena semifinal”

Bar Aberto
gustavo romulo

⍟ Jurado técnico do sétimo episódio, Gustavo Rômulo voltou ao Bar Aberto para julgar a prova da semifinal sobre punches com o tema ‘viagens’. Para ele, o reality show coloca a coquetelaria no cotidiano do público

Publicado em 29 de novembro de 2021, às 11h30.

Head bartender do famoso Hotel Grand Hyatt na capital paulista, Gustavo Rômulo já tem mais de sete anos de experiência atrás das barras de grandes redes hoteleiras e é apaixonado pela história da coquetelaria. Ele voltou ao palco para mais uma participação como jurado técnico do Bar Aberto, que vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 21h30, no Multishow. O episódio da última semana, exibido especialmente na sexta-feira, envolveu os participantes na produção de punches com os whiskies da família Ballantine’s. Segundo ele, o reality show inseriu a coquetelaria no cotidiano no público, estimulando a curiosidade e consumo responsável.

No penúltimo episódio do reality, ele avaliou uma prova técnica em que os participantes precisavam criar cocktails no estilo punch, inspirados em viagens e lugares que gostavam de visitar, utilizando Ballantine’s como base alcoólica. Para isso, Gustavo apresentou a eles a estrutura básica de um punch, drink cujas raízes datam do século XVI, e é constituído de cinco ingredientes: destilado, açúcar, bitter, acidez e diluição.

“A ideia da prova foi muito bacana, porém nós ficamos impressionados com a dispersão dos participantes em plena semifinal do programa”, analisa Gustavo Rômulo. “Eles não seguiram bem os critérios de um bom punch. Falamos bastante sobre a importância da diluição correta, mas alguns deles usaram pouco gelos, cubos pequenos e isso interferiu diretamente no sabor do cocktail“.

Marie Milani foi a última eliminada do programa, fazendo com que Ana Carla Leitão, Andréa Sousa e Flávio Oliveira fossem os participantes qualificados para a grande final. “Eles seguiram as regras da prova e se destacaram. O mais legal da prova foi ver as inspirações deles, baseadas em viagens que já fizeram ou seus lugares de origem”, finaliza Gustavo.

COQUETELARIA AUTORAL E HOTELARIA

Nascido e criado em São Paulo, Gustavo Rômulo tem 28 anos e há pelo menos sete trabalha como bartender na capital paulista. Ele iniciou seus estudos na Associação Brasileira de Bartenders (ABB), fazendo cursos e se especializando na área e, começou a carreira trabalhando em baladas, restaurantes e bares.

Porém, anos depois, acabou descobrindo sua grande paixão pela hotelaria, o levando a cursar graduação na área. Unindo sua experiência singular com a criação de cocktails autorais, execuções de receitas clássicas, e a oferta de experiências de hospitalidade, teve passagem por grandes redes hoteleiras e resorts de luxo, como Hotel Unique, Palácio Tangará e há dois anos é o head bartender responsável pelos drinks servidos no Grand Hyatt São Paulo. “Eu gosto muito da estrutura hoteleira e da filosofia de hospitalidade que está sempre por trás de todos os cocktails, pratos, atendimento e experiência que oferecemos”, afirma Gustavo.

Em 2018, ele foi o vencedor do Campeonato Brasileiro de Coquetelaria da ABB e, no ano seguinte, foi o representante do país no World Cocktail Competition (WCC), da International Bartenders Association (IBA) em Chengdu, na China. 

Na primeira temporada do Bar Aberto, realizada no ano passado, Gustavo Rômulo foi o jurado técnico do terceiro episódio e acredita que, desde então, cada vez mais pessoas se interessam pelo universo da coquetelaria. “Com a pandemia, as pessoas curtiram aprender mais sobre drinks e preparar suas próprias receitas em casa. Hoje, no bar, eu vejo que os clientes estão cada vez mais exigentes e curiosos. Eles perguntam as histórias das receitas, detalhes sobre as bebidas alcoólicas e querem saber mais sobre as técnicas”, conclui.

Continue acompanhando o Clube do Barman no portal e nas redes sociais para conferir os conteúdos exclusivos sobre a segunda temporada do reality show Bar Aberto.

Perdeu a entrevista do jurado técnico das últimas semanas? Confira a seguir:

Leo Young: “Coquetelaria e gastronomia andam de mãos dadas”

Você vai gostar de ler!

como utilizar chás

Como utilizar chás, infusões, blends e tisanas nos seus cocktails

⍟ Nem tudo aquilo que chamamos de chá realmente é. A cultura e tradição desta bebida é milenar e está focada em uma espécie de plantas, chamada ...

espresso martini perfeito servido em taça no fundo escuro

7 dicas para fazer o Espresso Martini perfeito

⍟ Considerado um clássico contemporâneo, o Espresso Martini deu a volta por cima e voltou a ser uma estrela nas cartas ao redor do mundo. Nesta matéria, ...

chá e bule sobre a mesa na 1ª Semana da Cultura do Chá

Híbrida, a 1ª Semana da Cultura do Chá no Brasil aborda história, mixologia e mais

⍟ Evento terá palestras, degustações, aulas, exposições e outras atividades relacionadas ao chá programadas no Instagram e também no encontro ...

Escreva o seu comentário:

O seu e-mail não será divulgado.

Menu deslizante